Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Suar e chegar à vitória

Betumeleano Ferrão - 17 de Setembro, 2009

1º de Agosto e Interclube

Fotografia: Jd

O 1º de Agosto venceu, ontem, no Estádio da Cidadela, o Interclube por 2-1, num derby em que os militares entraram confiantes e facilidade fugiram para um confortável dois a zero, ainda na primeira parte. Na segunda metade, os polícias dominaram, mas só marcaram um golo.
No jogo de abertura da 22ª jornada do Girabola, os militares abriram o marcador logo aos 10 minutos, com um golo de Tuabi, e ampliaram a vantagem aos 31, por Manucho, num tento em que o guarda-redes Ntumba ficou muito mal na fotografia.
Talvez devido à proximidade do jogo decisivo do próximo domingo com o Haras do Egipto, os militares optaram por uma gestão de esforço, mas, na primeira parte, os polícias mostraram-se manietados e não esboçaram qualquer reacção capaz de contrapor o claro domínio do 1º de Agosto.
Foi exactamente a partir desse momento que o relvado começou a fugir dos pés rubro-negros. A equipa parecia estar a jogar a pé-coxinho e desperdiçava oportunidades claras de engordar o marcador. Se Tuabi se mantivesse tão oportuno quanto foi ao abrir o marcador, os militares poderiam ir para o intervalo descansar à sombra de uma vantagem confortável.
Tal não aconteceu e, na etapa derradeira, os polícias trataram de provar que não estavam apenas de orgulho ferido. O meio-campo azul impôs-se ao rubro-negro e a balança começou a pender para o lado do Interclube. Num rasgo de inspiração, o capitão Minguito deu dois nós cegos aos homónimos Mingo Bile e Mingo Sanda e foi rasteirado na grande área. Joel, com competência, relançou a partida aos 62 minutos.

EXPULSÃO

Mas o pior ainda estava para vir. A saída por lesão de Manucho e a expulsão de Mingo Bile obrigaram o 1º de Agosto a defender-se com unhas e dentes. Em várias ocasiões, os rubro-negros respiraram de alívio. A jogar em inferioridade numérica e com um adversário super motivado, aos militares não restou outra alternativa senão vestir a farda de campanha para não perder a totalidade dos pontos em disputa.
O árbitro internacional Hélder Martins passou ao largo do jogo, cometeu erros crassos que mancharam a sua actuação. Por exemplo, não expulsou Joel, quando este entrou “a matar” sobre Manucho, a ponto do jogador militar ter sido substituído. De modo similar, o árbitro amarelou o militar Fofana por suposta simulação de penalty, quando na realidade, este sofreu carga de um adversário.

Zé Augusto (1º de Agosto)
“Tudo correu como queríamos”

“Tudo correu exactamente como queríamos, entramos bem na partida e conseguimos marcar os dois golos da vitória, ainda na primeira parte. Na segunda parte, as coisas complicaram-se um pouco para nós, porque o cansaço, originado pela enorme sobrecarga de jogos da época, fez com que o Interclube tomasse conta da partida. Realmente, o Interclube bateu-se muito bem, principalmente na segunda parte, mas a nossa vitória é justa. O título há muito está distante de nós e a nossa meta, agora, é continuar no encalço do Benfica de Luanda, actual segundo classificado. Até ao fim do Girabola, esta vai ser a nossa meta principal, mas para isso, teremos de fazer um esforço extra para recuperar a nossa condição física.”

João Arsénio (Interclube)
“1º de Agosto tem muita maturidade”

“A grande diferença, neste jogo, foi que a minha equipa deu dois golos de avanço ao adversário e o 1º de Agosto, como tem muita maturidade, soube gerir a situação. Na segunda parte, fizemos algumas alterações, conseguimos subir de rendimento, mas não foi suficiente para empatarmos o jogo. Agora, só nos resta trabalhar para o próximo jogo em nossa casa, com o Recreativo da Caála, a vitória é o único resultado que nos interessa. Dependemos de nós mesmos para permanecer na primeira divisão. Tudo faremos para vencer. Já avisei aos atletas que nesta fase do campeonato só joga quem quer, quem não quer, vai ficar para trás. Este jogo deu para tirar várias ilações a esse respeito. A equipa da segunda parte deu-nos boas indicações. Para o próximo jogo, hei-de fazer algumas alterações”.

Substituições: «1º Agosto» Mano por Tuabi (65´), Zé Augusto por Manucho (74´) e Pataca por Danny (81´).
«Interclube»  Mouco por Pathy (29´), Kanu por Fabrício e Mendonça por Gildo (72´).
Árbitro: Hélder Martins
Assistentes: Denilson Gourgel e Júlio Lemos 
Acção disciplinar: «1º Agosto» Amarelo a Kumaka (27´), Bena (46´), Danny (66´) e Fofana (82´).«Interclube» Cartão amarelo a Joel (71´). ’
 treinadores: Jorge Chaves(1º Agosto)
e João Arsénio “Túbia” (Interclube)
Estádio: Cidadela