Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tcnico-adjunto do Progresso antev jogo difcil

Jlio Gaiano, no Lobito - 28 de Setembro, 2019

Lindala, Mrcio Luvambo e Hossi (ao meio campos); - e Odilon, ao ataque.

O técnico da Académica Petróleos do Lobito, Águas Zeca da Silva, manifestou-se reservado quanto ao jogo com o Desportivo da Huíla, não obstante acreditar na disposição e determinação da sua equipa em vencer a partida, na primeira deslocação fora da província de Benguela. \"O importante é não perder”, acautelou.
Para o treinador dos estudantes, o adiamento por mais dois dias, não vai prejudicar a vontade da equipa que dirige. “A equipa está preparada para estas implicâncias. Aliás, faz parte de uma competição, marcada por inúmeras interrupções, algumas compreensíveis e outras, nem tanto. Por isso, considero normal, apesar das inquietudes assinaladas”, referiu.
Águas da Silva considera um jogo equilibrado, com o favoritismo repartido, não obstante reconhecer o potencial do adversário, que a jogar em casa pode agigantar-se e chamar a si à responsabilidade na contenda.
“O adversário vem de Calulo com um resultado negativo, de certeza que precisa deste jogo para recuperar a auto-estima e provar o seu poderio, diante da minha equipa. Ainda assim, estamos precavidos e cientes de que não será tarefa fácil, para as duas equipas”, sustentou.
Garantiu que a equipa trabalhou ao pormenor os detalhes defensivos, de forma a prevenir um possível deslize e deitar por terra todo um trabalho produzido nos últimos quatro  dias de trabalho.
“Estamos proibidos de falhar e os meus jogadores sabem disso, pelo que todo o cuidado será insuficiente, para os nossos propósitos”, reconheceu o timoneiro da Académica do Lobito, num discurso confiante.
Apesar, de não revelar o “onze” inicial a utilizar, na deslocação ao Lubango, tudo aponta que vai cingir-se à máxima, segundo a qual “em equipa que ganha, não se mexe”, ou seja, Nsesani (à baliza)- Cláudio Cruz (ou Dipaiza), Libero, Lito Kapungi e Sozito (à defesa) - Jerry, Mano-Mano, Lindala, Márcio Luvambo e Hossi (ao meio campos); - e Odilon, ao ataque.