Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Técnico antevê dificuldades

17 de Janeiro, 2017

Recreativo da Caála inicia época em Luanda com o Benfica local

Fotografia: José Soares

O Recreativo da Caála desloca-se à capital do país para defrontar o Benfica de Luanda, na primeira jornada do Girabola Zap 2017, desafio que o técnico Alberto Cardeau admite ser difícil, mas garante que a formação do Huambo está a fazer a preparação para dar o seu melhor.

O timoneiro dos azuis e brancos considera que se os jogadores interiorizarem mais rápido a filosofia de trabalho, conseguem um resultado positivo no desafio que se disputa no próximo dia 10 de Fevereiro.

"Os jogos para nós são encarados da mesma maneira, naturalmente, são difíceis e a jogar fora do nosso reduto é muito mais difícil, mas estamos a preparar uma equipa boa para fazer um bom jogo na primeira jornada. Acredito que se conseguirmos introduzir o que são as nossas ideias de jogo junto do grupo que temos, e que são muito novas nesta altura, podemos fazer um bom jogo com o Benfica de Luanda", admitiu.

Em relação à participação no Campeonato Nacional, a equipa do Caála começou a trabalhar na província do Huambo e amanhã dia 17,viaja para Benguela, para realizar o estágio de pré-época com uma previsão de 15 dias, onde pretende disputar alguns amistosos.

"Como a Federação Angolana de Futebol manifestou a intenção de realizar um torneio em Benguela, neste período, pensamos aproveitar a prova para nos preparar para o campeonato, temos  marcado alguns jogos com o Interclube, FC Bravos do Maquis e outros clubes", avançou o técnico. 

De acordo com o Alberto Cardeau, a reunião dos clubes com a FAF e a Zap tiveram, foi proveitosa, porque acertou a indefinição da data do jogo da segunda jornada com o 1º de Agosto, que vai disputar a preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos.

"Acho que acabamos por ter o domínio das alterações que foram feitas, em termos da calendarização do campeonato. Nós, particularmente, tivemos de conversar com a direcção do 1º de Agosto acerca das propostas que trouxeram em relação ao adiamento do jogo connosco, referente à segunda jornada, e foi bom porque acabámos por concordar com as datas", concluiu o técnico.