Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tcnico crente na permanncia

04 de Agosto, 2018

Gil Martins, assegurou quinta-feira, em Caxito.

Fotografia: Edies Novembro

Apesar de continuar numa posição crítica com risco de despromoção, ao conquistar apenas 21 pontos, o treinador adjunto do Domant FC do Bengo, Gil Martins, assegurou quinta-feira, em Caxito, aos adeptos que a equipa vai lutar e esforçar-se até o fim para permanecer no Girabola.
Falando à imprensa após a derrota caseira frente ao Petro de Luanda, por 1-4, em jogo da 27ª jornada, Gil Martins afirmou que a sua equipa tem um plantel recheado de grandes valores que tem condições para se manter na primeira divisão. “Estamos comprometidos em não descer de divisão. Estamos a trabalhar neste sentido, porque ainda temos quatro jogos e muita coisa pode acontecer para fugirmos da despromoção”, ressaltou.
Por isso, avançou, a equipa vai dar todo o seu máximo para evitar a despromoção, tendo sublinhado que o Domant FC perdeu o desafio por distração dos seus jogadores, associado aos erros de marcação.
Lembre-se que amanhã o Domant do Bengo volta a jogar no seu reduto diante do Recreativo da Caála, enquanto o Petro de Luanda recebe, no estádio 11 de Novembro, o Desportivo da Huíla no próximo dia 11.

JOGOS
Competição regista fraca média de golos

À passagem da 27ª jornada, disputada a meio da semana e em que ficou por se disputar o jogo entre o Cuando Cubango FC e o Sporting de Cabinda, que não se deslocou à Menongue, devido a greve decretada pelos seus jogadores, o Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão continua, até aqui, com uma média fraca de golos.
O também apelidado de Girabola Zap regista, à entrada da 28ª ronda, que será aberta hoje com quatro jogos (ver peça ao lado), um total de 325 golos, excluindo os 28 apontados nos desafios em que esteve envolvido o \'desistente\' JGM do Huambo.
E quando restam ainda três jornadas para o fim, a prova já fez disputar 186 jogos, o que faz com tenhamos uma média de 1,74 golos por cada um dos desafios realizados.
A 10ª jornada foi, até agora, a mais produtiva da presente edição do campeonato, com um total de 17 golos, correspondentes a uma média de 2,42 por jogos. Já no que diz respeito a menos produtiva, continua a ser a 21ª, em que se apontaram apenas sete golos, o equivalente à média de um por cada desafio realizado.
É importante frisar também, que a 27ª jornada, que à par da 18ª e 12ª teve já um registo de 15 golos apontados, pode vir ainda a superar as demais, já que ficou por se disputar o jogo entre o Cuando Cubango e Sporting de Cabinda, pelas razões já evocadas.
Nunca é demais realçar, que o campeonato têm ainda por disputar os jogos Recreativo da Caála - 1º de Agosto (24ª jornada) e Domant FC - 1º de Agosto (26ª), que foram adiados devido ao engajamento dos militares na Liga dos Campeões Africanos.