Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"Temos de aparecer melhor"

Jorge Neto - 10 de Fevereiro, 2020

Fotografia: Paulo Mulaza

Depois dae perder de dois pontos, na deslocação ao Huambo, na visita ao Ferrovia, o 1º de Agosto encara o jogo com o Desportivo da Huíla com os olhos postos no regresso às vitórias, frente a um adversário motivado, após o triunfo caseiro diante do Recreativo do Libolo, 3-1, no sábado.
Os desafios entre  duas equipas militares estão quase sempre ligados em suspeições, no que respeita aos resultados, em função da estreita ligação entre as formações, pois, os agostinos têm os huilanos como um clube satélite.
Posto de lado este aspecto, as duas formações estão em condições de apresentar um bom espectáculo de futebol, têm mais uma oportunidade para afastar às suspeições que pairam no ar, sempre que se defrontam.
Ivo Traça promete motivar o conjunto, já a pensar no desafio de quarta-feira, por ironia do destino, voltar a jogar, igualmente, numa região com muita altitude, mas realçou que vai ser diferente.
"Vamos para este jogo, para regressarmos às vitórias. A deslocação à Huíla vai exigir mais vontade, garra e temos de aparecer melhor, para conquistarmos os três pontos e manter intactos os nossos objectivos no campeonato nacional", reiterou.
Reconhece que o 1º de Agosto é o principal favorito à vitória, devido a classificação e os objectivos dos dois conjuntos na competição, mas os huílanos podem ter uma palavra a dizer e complicar os intentos do "irmão mais velho", como aliás, já aconteceu em épocas anteriores, no campeonato e na Taça de Angola. 
A partida marca o reencontro de alguns jogadores, que estiveram do lado oposto, casos de, Manucho Dinis e Mingo Bile, do lado do Desportivo da Huíla, enquanto, Leonel Yombi, da parte do 1º de Agosto.
Os tetra -campeões nacionais tiveram um deslize no desafio que se disputou no sábado, diante da formação do Ferrovia do Huambo, em que empataram a um golo, na partida em que se adiantaram no marcador, por Mabululu, todavia, permitiram o empate, por Betinho, após um erro defensivo de Natael.
O avançado Mabululu não deixou os créditos por mãos alheias e igualou o rival do Petro de Luanda, Toni está na liderança da artilharia do campeonato, com 11 golos.