Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Temos que ajudar os clubes na sua organizao

Gaudncio Hamela - Lubango - 09 de Maio, 2019

Os jovens talentos que despontam no nacional de futebol em sub-17, que decorre na cidade do Lubango, província da Huíla, vão fazer parte das futuras selecções nacionais, garantiu na segunda -feira nas terras altas da Chela, o presidente de direcção da Federação Angolana de Futebol.  

 Artur Almeida reconheceu que o facto de Angola competir este ano no Campeonato do Mundial da categoria no Brasil e estar a decorrer o nacional, há muito mais atenção da parte de todos os agentes desportivos no evento. 

“Este campeonato dá um outro carácter. E, há muito mais atenção de todos os agentes desportivos, sobretudo os amantes de futebol para esta prova e com certeza que vão despontar aqui jovens que irão fazer parte das futuras selecções nacionais. Por isso, a nossa presença aqui vem de facto simbolizar a importância que damos a este acto”, realçou.

 Artur Almeida assegurou aos clubes que trabalham nos escalões de formação, que a aposta do órgão que dirige recai nesta vertente. Por isso, disse que a Federação dá todo o apoio moral, sobretudo porque vivemos momentos difíceis. 

“ Avançou, que a perspectiva da Federação é que aqueles clubes que fazem a sua aposta na formação, tenham maior atenção em termos estruturais , sobretudo ajudar na sua organização para que possam sentir o benefício do esforço que fazem com relação ao futebol de formação.

 “Digo isso, porque naturalmente muito deles, por vezes não são protegidos nos direitos de formação dos atletas que formam, mas nós Federação temos estado a dar muita atenção a esse aspecto, para que aqueles que são os fazedores, aqueles que fazem a formação, aqueles que apostam na formação, tenham a devida compensação com estes atletas”, prometeu. 

INVESTIMENTOS
Dirigentes valorizam trabalho dos clubes

O dirigente federativo enalteceu os clubes, por essa grande aposta e pela participação massiva das equipas na Huíla, afirmou ainda que no decurso dos 14 dias de competição, apreciadores da modalidade vão presenciar bons espectáculos de futebol, sobretudo a ser jogado com \"fair play\".
 O presidente de direcção da Federação angolana de futebol agradeceu, profundamente, o governo da Huíla pelo acolhimento da actividade, apesar das dificuldades de momento.

 A vice-governadora da Huíla para o Sector Politico, Económica e Social, Maria João Chipalavela, apelou aos atletas a aproveitarem a competição para desenvolver as suas técnicas, habilidades, competências e que não deixem morrer o sonho de serem campeões.Salientou, que a realização dessa competição não é só uma grande oportunidade de ocupar os tempos livres, mas é muito mais do que isso.  
 A governante procedeu à cerimónia de abertura que decorreu na segunda-feira, no Estádio 11 de Novembro, pertença do Sport Lubango e Benfica, acrescentou ser uma oportunidade para pensar no futuro.
 \"Pensar no futuro é começar, agora. Então, o que nós queremos desejar às equipas, é que façam um bom campeonato. Que aproveitem para desenvolver as técnicas, habilidades e competências e que não deixem morrer este sonho. Esse grande sonho que querem de ser grandes campeões\", frisou.