Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tiago Azulo justifica contratao

Paulo Caculo - 24 de Agosto, 2016

Reforo do Petro mantm veia goleadora desde que chegou equipa na segunda volta

Fotografia: M.Machangongo

O médio Tiago Azulão tornou a ser figura de destaque do Petro de Luanda, ao marcar o único golo da equipa, na vitória sobre o Porcelana FC do Cazengo, domingo, em jogo da 22ª jornada do Campeonato Nacional.

Em sete jogos, o reforço brasileiro dos tricolores contratado na reabertura das inscrições da época 2016 já rubricou  cinco tentos, facto que o torna no actual melhor marcador do plantel às ordens do técnico Beto Bianchi.

À semelhança dos desafios frente ao Progresso da Lunda Sul e Recreativo da Caála, na 18ª e 19ª jornadas, em que os seus golos foram decisivos para evitar que a equipa comprometesse os objectivos nos referidos jogos, no último domingo em Ndalatando o jogador voltou a estar em destaque, ao rubricar o único golo que garantiu o triunfo dos tricolores no Cuanza Norte.

Mais do que fazer golos, Tiago Azulão está a ser fundamental, na medida em que tem sido capaz de superar as expectativas geradas com a sua contratação. Mesmo não sendo um avançado nato, o camisola 28 do Petro está a provar ser a melhor alternativa à baixa de forma dos atacantes, ao fazer os golos que ajudam o conjunto a manter em alta os objectivos de consolidar posições no topo da classificação.

Desde que chegou à equipa do Petro, a "descoberta" de Beto Bianchi espelha excelentes níveis de forma,  a sua rápida adaptação ao futebol praticado pela equipa é a maior das surpresas, sobretudo para um jogador que não viveu experiências em campeonatos africanos.

Com a vitória em Ndalatando, o Petro de Luanda recuperou da melhor forma o terreno em relação aos crónicos candidatos, na disputa pelo título.  A diferença de apenas dois pontos sobre o campeão Recreativo do Libolo e de cinco em relação ao líder 1º de Agosto, confere ao conjunto tricolor posição privilegiada para manter a perseguição à liderança do campeonato.

Apesar da direcção do Petro não ter traçado o título como objectivo a alcançar no presente campeonato, o bom percurso protagonizado coloca-o, irremediavelmente, entre os potenciais candidatos ao título.  A contribuir para isso, está o facto de os tricolores defrontarem o 1º de Agosto, na última jornada (30ª).