Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tira-temas

Betumeleano Ferro - 22 de Maio, 2016

Drbi fardado agita hoje noite o Campeonato Nacional no fecho da 13 jornada

Fotografia: Jornal dos Desportos

Dois dos jogos que encerram hoje à tarde à 13ª jornada, Recreativo do Libolo - Sagrada Esperança, às 15h00, e 1º de Agosto - Interclube, 18h00, podem trazer mudanças significativas na tabela classificativa. Os militares vão sair da ronda como o líder, mas a grande questão que se coloca é se os comandados de Dragan Jovic vão reforçar o seu comando ou se vão permitir que os polícias, perseguidor directo, e os libolenses encurtam a distância pontual que os separa do topo.

Os militares estão numa figurativa encruzilhada porque esta noite defrontam o Interclube no 11 de Novembro. Até certo ponto o calendário se tornou num bom aliado, porque em caso de vitória o líder atrasa um concorrente directo, mas a inversa também é verdadeira, em caso de empate ou derrota o 1º de Agosto vai ficar numa situação indelicada porque desde o início do campeonato nunca tropeçou duas vezes seguidas, na jornada passada perdeu 2-0 com o Kabuscorp.O grande alívio do 1º de Agosto é saber que o Interclube também está pressionado a ganhar, o que a acontecer vai fazer com que os polícias mordam os calcanhares militares com escassos 2 pontos de vantagem. É verdade que os agostinos ainda têm um jogo em atraso, mas o que importa a formação da Polícia é vencer para abalar os alicerces da confiança rubro-negra.

As duas equipas têm os mesmos motivos para vencer, o campeonato ainda está longe da fase das decisões, mas quer o 1º de Agosto, como o Interclube, sabem quão fundamental é alcançar com antecedência qualquer tipo de vantagem sobre o adversário directo, para que este avanço tenha reflexo nas contas finais.Como na vida real, os confrontos entre militares e polícias vêem sempre recheadas de grande rivalidade, às vezes acontecem resultados inesperados, mas desde à década de 80, quando iniciou o dérbi fardado, o equilíbrio acaba sempre por imperar. Três horas antes de iniciar o dérbi luandense, o campeão Libolo vai tentar espicaçar os rivais da capital com um triunfo sobre o Sagrada Esperança. Os libolenses têm o factor casa do seu lado para lançar a distância a provocação ao 1º de Agosto e ao Interclube. É ponto assente que um triunfo dos libolenses não vai ser uma boa nova para militares e polícias.

O campeão parece afectado por alguma falta de confiança, tem desperdiçado muitos pontos, até em casa, e precisa com urgência recuperar a pose. O calendário saiu em auxílio do Libolo agora nada melhor do que esperar pelos 90 minutos para ver se a equipa da década do futebol angolano vai ao encontro do seu nome ou coloca em xeque o seu prestígio.A deslocação do Sagrada Esperança a Calulo vem em má hora, por causa da maneira como falhou o inédito apuramento  à fase de grupos da Taça da Confederação. Os diamantíferos estão feridos no orgulho mas precisam lamber as feridas quanto antes, senão podem cair em depressão, agora que as Afrotaças deixou de ser prioridade a equipa tem uma boa oportunidade de se focar a tempo inteiro no campeonato.O jogo das Afrotaças a meio da semana, foi na quarta-feira, cobrou um alto tributo físico e mental aos diamantíferos, mas de modo algum se espera que o Sagrada vá a Calulo cumprir calendário, um bom resultado contra o campeão pode ser um dos passos para a cura.

O Clube Recreativo da Caála (CRC) e o Porcelana estão empatados com 11 pontos na classificação, esta tarde em casa do CRC pode acontecer o desempate pontual. Os dois contendores estão no mesmo nível, os caalenses estão no 14º lugar ao passo que o Porcelana é o lanterna vermelha, mas está claro que as duas equipas já perceberam que precisam de vitórias e pontos para desafogar os seus pescoços, a primeira volta está a 2 jornadas do fim mas a pontuação obtida até agora dá pouca segurança aos dois contendores.


BUÁ
“Estamos concentrados na vitória”


O médio ofensivo Buá garantiu que a recepção ao Interclube será bastante difícil, mas estão concentrados apenas na conquista da vitória no jogo desta tarde, no 11 de Novembro, para o 1º de Agosto reforçar a liderança no campeonato.

"É mais um jogo difícil visto que o Interclube vem de duas vitórias contra adversários fortes, está moralizado, mas vamos procurar manter a calma e a concentração para voltar às vitórias", anteviu.

De acordo com o camisola 9 do 1º de Agosto, a derrota na jornada anterior, diante do Kabuscorp (2-0), não tirou a motivação do grupo, que pensa apenas em regressar aos triunfos.

"Foi uma semana boa, estamos no futebol e sabemos que existem três resultados possíveis, viemos de uma derrota, perdemos uma batalha e não a guerra, porque tem ainda muito campeonato pela frente", defendeu.Considera a turma dos polícias uma equipa com bons jogadores, mas acredita no bom desempenho dos seus colegas, como individualmente.

"(O Interclube) É uma boa equipa, mas não é um bicho de sete cabeças, estamos preparados para regressar aos triunfos. A nível pessoal, teremos o mesmo Buá de sempre para ajudar o grupo a vencer este jogo",  finalizou.     
                                                                JN


1º DE AGOSTO

Militares defendem jogo ofensivo


Os jogadores e treinadores do 1º de Agosto esperam que a equipa do Interclube jogue igualmente ao ataque e não à defensiva, como fazem outras formações, para que haja mais espaços no desafio de hoje, às 18h00, no estádio 11 de Novembro, onde o objectivo dos militares passa por somar os três pontos, segundo o adjunto Filipe Nzanza. 

O principal auxiliar do bósnio Dragan Jovic antevê um dérbi difícil diante de um adversário que atravessa um bom momento no Girabola Zap, com quatro triunfos consecutivos.

"O Interclube é um adversário difícil, mas espero que esteja no estádio para jogar ao ataque e não à defesa, como fazem outras equipas, embora  também nos preparamos para enfrentar esse tipo de situação durante o jogo", garantiu.

Os agostinos mantêm o respeito por todos os adversários do campeonato, o Interclube não foge à regra, mas estão determinados em voltar a traçar o caminho das vitórias, de acordo com Filipe Nzanza, na conferência de imprensa, realizada sexta-feira.

"Respeitamos todos os adversários, sabemos que o Interclube vem de quatro vitórias consecutivas, mas estamos a fazer o nosso trabalho, o campeonato só está a depender de nós. O Interclube está a subir de forma, está a trocar bem a bola, oxalá que nesse jogo venha para atacar, porque muitos dos nossos adversários estão a fechar-se muito, mas nós também nos preparamos para isso e que seja de igual para igual ou jogar ao contra-ataque, estamos prontos e faremos tudo para vencer a partida", analisou.

Os rubro-negro consideram que a preparação durante a semana decorreu sem sobressaltos, não obstante a derrota diante do Kabuscorp. De acordo com o técnico-adjunto dos militares, os atletas estão bastante motivados para o duelo desta tarde.
                                                                            JORGE NETO


INTERCLUBE

Luís Borges garante firmeza


Com o pensamento apenas na vitória, a equipa do Interclube vai encarar com muita cautela o jogo de hoje, às 18h00,  diante do 1º de Agosto, em desafio referente à 13ª jornada do Girabola Zap, segundo o treinador-adjunto José Luís Borges. O adjunto de Logarusic reconhece que o duelo com os militares não vai ser fácil, pois vem de uma derrota na jornada passada.

"O 1ºde Agosto é uma boa equipa, com jogadores excelentes e temos a certeza que não vai ser um jogo fácil, pois eles vêm de uma derrota na jornada passada e vão, com certeza, melhorar a sua prestação nesta  jornada, o que torna este jogo bastante difícil", salientou. Embora assuma que o jogo desta noite vai ser bastante difícil, José Luís Borges acredita na conquista dos três  pontos em disputa. 

"Como sempre, a nossa filosofia e tentar vencer todos os jogos, fora ou em casa. Preparámos a nossa equipa tacticamente  e tecnicamente para este embate e tenho a certeza que vamos para este encontro com muito cuidado mas com certeza na vitória", sublinhou. 

Depois de obter na jornada anterior a sua quarta  vitória no Girabola, a equipa do Interclube mostra-se mais tranquila para enfrentar o dérbi diante do 1ºde Agosto.  O estado anímico dos jogadores da equipa da Polícia é bastante elevado, a julgar por aquilo que nos foi dado ver ontem de manhã, no campo 22 de Junho, onde preparou o  embate com os militares.

Varias mensagens de carinho  foram passada aos jogadores pelos adeptos que esperam  pela quinta vitória consecutiva no Girabola Zap. Com isso, os polícias vão para este  jogo com intenção  de encurtar a margem de pontos  diante do líder  do campeonato.

Clinicamente a equipa goza de boa  saúde. Pirolito, que teve  uma pequena mazela à  entrada  da semana, está recuperado e faz parte das contas da equipa-técnica para  vencer os militares.  O técnico Logarusic pode alinhar hoje à noite o seguinte "onze" inicial:  Nelson; Rico,  Fabrício,Valdez e Filipe; Paty, Pirolito, Paz, Karanga ou Nandinho, Pulson e Chico.                                      VALÓDIA KAMBATA