Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Torres atento aos maquisardes

Valodia Kambata - 17 de Março, 2018

Treinador portugus garante que os polcias vo realizar um bom jogo amanh no 22 de Junho

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A equipa do Interclube está bem e preparada para receber e defrontar o FC Bravos do Maquis, amanhã à tarde, no estádio 22 de Junho, por isso determinada para conquistar mais três pontos na caminhada para atingir o objectivo do ano: a conquista do campeonato nacional.
De acordo com o técnico Paulo Torres, a vitória diante do 1º Maio  de Benguela, por 2-0, deixou a equipa mais confiante para os próximos desafios, por isso acredita que amanhã, ante os maquisardes, vão realizar um bom jogo e uma boa exibição, à semelhança do que aconteceu na jornada passada em Benguela. 
\"Estamos bem. A equipa reagiu bem no jogo passado e por isso acredito que vamos fazer um bom jogo diante do Bravos do Maquis. Tivemos uma semana  curta  de trabalho mais  tranquila. Fizemos  um jogo na quarta feira, onde estivemos bem, não pelo resultado mais pela boa exibição. No fundo foi uma semana extremamente competitiva com dois  jogos, aliado a um bom trabalho de recuperação para enfrentamos  mais um embate no domingo (amanhã)\", salientou  o técnico  dos polícias . 
Os polícias estão com bastante confiança mas técnico sabe que vai encontrar uma equipa com o orgulho ferido, pois está há três jogos sem conhecer o sabor da vitória.
\"O Bravos do Maquis é uma equipa muito bem organizada e com capacidade de lutar de igual com qualquer equipa no Girabola. Por isso é necessário algum cuidado para não sairmos daqui com derrota. O facto de o Maquis estar há três jogos sem ganhar não torna o jogo fácil. O  nosso adversário é uma equipa  boa, que se reforçou bem e que tem um treinador que sabe dar a volta a estas situações .
Tenho dito que aqui não há jogos fácies e os nossos jogadores estão todos preparados para enfrentar um adversário que tudo vai fazer para conseguir  pontuar em nossa casa, cabe agora nós manter os níveis  elevados  e respeitar ao máximo a equipa do Bravos  do Maquis para conseguirmos os três pontos\", referiu .
Quanto ao  estado anímico dos jogadores, o técnico disse ser bom em função do trabalho que foi feito ontem de manhã, no campo 22 de Junho, onde prepararam o embate com a equipa do Moxico.
\"Animicamente a equipa está bem. Quando se ganha  a recuperação torna-se mais fácil, pois os jogadores psicologicamente estão mais disponíveis,  felizes , tranquilos e preparados para mais um jogo difícil\",  garantiu.
O treinador português não vai contar  no jogo de amanhã com três jogadores influentes  na manobra ofensiva da equipa, nomeadamente  Silva, Baca e Dany. 
O médio ofensivo Silva, sofreu uma ruptura muscular no jogo  contra o Progresso Sambizanga e esteve igualmente ausente no jogo frente ao 1º de Maio. O central  Baca, por sua vez, está a contas com um surto palúdico, enquanto o médio Dany  falha o jogo por quebra muscular.
Em face as  ausências   o técnico deve  apostar neste  \" onze\" : Landu ; Chonene,  Fabrício, Vali, Tó Carneiro; Ito, Kaporal ou Lindala , Paty, Karanga, Mano Calesso;  Pedro.