Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Torres satisfeito com os reforos

Valodia Kambata - 11 de Junho, 2018

Antigo lateral maquisarde vai melhorar a condio fsica como disse o treinador dos polcias

Fotografia: Edies Novembro

As exibições do lateral direito Carlitos (ex-FC Bravos do Maquis) e do médio Denny (ex-Deportivo Rayo Cantabria, da III Divisão de Espanha) na estreia de ambos com a camisola do Interclube, no Estádio 22 de Junho, no jogo de sábado com o Clube Desportivo da Huíla, referente à 16ª jornada do Girabola Zap 2018, foram realçadas pelo treinador Paulo Torres.
De acordo com o responsável Carlitos, técnico da equipa da Polícia, apesar de estar à procura da melhor forma física, teve um bom desempenho na estreia ante os militares da Região Sul, jogo que terminou sem golos.
Quanto a Denny, jogador que fez a estreia no Interclube e no campeonato nacional, Paulo Torres disse que também esteve em bom plano.
\"O Carlitos é um atleta que dispensa apresentações, neste momento, está à procura da melhor forma física. Por isso, para o primeiro jogo esteve bem, trabalhou muito. Quanto ao Denny é outro atleta, que embora seja angolano, é a primeira vez que joga em Angola. Devo dizer que estou satisfeito com a suas exibições\", disse o técnico  luso ao serviço dos polícias.
Quanto ao jogo que a sua equipa não conquistou os três pontos, ante um adversário com objectivos modestos na prova, Paulo Torres é de opinião que podiam ter vencido pelo que produziram em campo.
\"Penso, que foi um jogo muito bem disputado. Pelo que fizemos, principalmente ,na primeira parte, em que tivemos a melhor oportunidade com uma bola ao poste, podíamos ter feito o golo e conquistar a vitória\", sustentou. 
Na segunda parte do jogo, os polícias apareceram com outra postura, fruto das substituições operadas pelo técnico, designadamente, as saídas de Paty e Moco e as entradas de Kaporal e Silva, que permitiu ao Interclube ganhar mais  dinâmica.
\"Na segunda parte, mudámos o sistema, passámos a jogar com o Pedro e o Kaporal (no ataque) e tivemos  várias situações em que podíamos inaugurar o marcador. Eles (jogadores do CDH) defenderam bem e quem defende bem tem mérito, dou os parabéns às duas equipas, pois, dignificaram o nosso futebol\", disse.
Paulo Torres valorizou igualmente a entrega da equipa adversária.
\"Esta equipa da Huíla (Desportivo) trabalha e luta muito, tem  uma atitude competitiva muito forte, aliás, nós conhecemos bem a equipa.
 Sabíamos, que se não marcássemos um golo, a nossa a nossa situação ficava condicionada\", salientou.