Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Traguil confirmado no Santa Rita de Cssia

Augusto Panzo - 29 de Dezembro, 2016

Portugus est desde ontem em Angola

Fotografia: M. Machangongo

O presidente do Santa Rita FC de Cássia, Nzolani Pedro, confirmou ontem ao Jornal dos Desportos  a contratação do técnico português Sérgio Daniel Traguil, para orientar a equipa do Uíge na estreia no Girabola Zap.

O dirigente revelou que o treinador assinou contrato por duas épocas, desafio em que o objectivo principal é a realização de uma campanha tranquila, num campeonato muito competitivo.

"O senhor Sérgio Daniel Traguil está confirmado como treinador do Santa Rita FC de Cássia. Já está  em Luanda desde hoje (ontem), só começa a trabalhar a partir do dia 2 de Janeiro", disse o responsável da formação das terras do bago vermelho.

Nzolani Pedro justificou o atraso no arranque dos trabalhos de preparação, pelo  facto dos atletas estarem  dispensados devido à quadra festiva com os seus familiares, contudo, assegurou que as condições estão criadas para na data prevista o plantel estar concentrado para a abertura das oficinas.
" Tínhamos lançado o arranque dos trabalhos de preparação para Dezembro, mas achamos melhor abortar o programa, devido às festas do fim de ano. Tão logo terminem as festas, damos início aos trabalhos", garantiu.

À respeito da duração do contrato, entre o treinador e a nova equipa, o presidente de direcção de uma das formações 'caloiro'  do próximo campeonato nacional da primeira divisão avançou que Sérgio Traguil assinou por duas épocas, com possibilidades de renovação para mais uma, desde que as partes cheguem a acordo.

"Ele assinou por duas épocas, mas caso haja necessidade de acordo entre as duas partes, o treinador pode prorrogar por mais uma temporada. Tudo depende de como a equipa vai reagir durante o campeonato. Em princípio, veio para trabalhar e se possível, ficar connosco", prognosticou. 
O presidente do Santa Rita FC de Cássia mostrou-se encantado com a simplicidade do treinador, sobretudo, no que toca ao contrato apesar de não ter avançado os valores envolvidos no referido acordo.

"Estou  encantado com a simplicidade do treinador. Tive a oportunidade de ouvir muita coisa à seu respeito e confesso que fiquei admirado. Mostrou ser flexível quanto aos valores contratuais, que foi o facto que mais me comoveu", confessou o dirigente.

Para o jogo de baptismo na maior prova futebolística nacional frente ao Recreativo do Libolo, por coincidência em casa, Nzolani Pedro espera realizar uma boa exibição e começar a competição com um triunfo, embora, admite que a tarefa não vai ser fácil, pois, o adversário é um dos pesos pesados da prova.

De resto, reiterou que a humildade deve ser a chave de sucesso, para a sua equipa atingir os objectivos preconizados para este desafio, aliado ao facto de ser a única representante do Uíge, província que em tempos idos foi uma referência no Campeonato Nacional da Primeira Divisão.      

OBJECTIVO*
NZOLANI PEDRO
“Pedimos a manutenção no campeonato”


O dirigente máximo do Santa Rita FC de Cássia confessou ao JD, que a direcção de que é o mandatário traçou como objectivo fundamental, a manutenção da equipa no Girabola, intenção que mereceu uma acirrada discussão com o treinador Sérgio Daniel Traguil.

"Nós pedimos ao treinador Sérgio Traguil que a nossa primeira meta no Girabola Zap de 2017, passa em colocar a equipa entre as 12 classificadas, posição que nos permite a manutenção na grande festa futebolística do país", revelou.

Nzolani Pedro prometeu levar o novo técnico, nos próximos dias, à cidade do Uíge, com o propósito de apresentar ao governador da província, ao bispo local e manter o primeiro contacto com a realidade do clube.

"Para além das festas do fim de ano, atrasámos também o nosso programa de trabalho, para facilitar que eu apresente o treinador a algumas individualidade da província do Uíge. Quero apresentá-lo ao senhor governador Paulo Pombolo e ao bispo da Diocese do Uíge", garantiu o dirigente do Santa Rita de Cássia.

Sérgio Traguil substitui o angolano Paulo Saraiva no cargo de treinador do Santa Rita de Cássia,  vem do Hearts of OAK do Ghana, equipa que orientou na época futebolística passada, mas também tem passagem por algumas equipas da Primeira Divisão da Nigéria, como o Kaduna United e o Ago FC da liga profissional, ainda daquele país africano.  

   Natural de Alentejo, Sérgio Daniel Traguil foi formado nas escolas do Benfica de Lisboa, clube do qual foi igualmente treinador dos escalões inferiores e afirmou no primeiro contacto que manteve com o nosso jornal que pretende montar o sistema de futebol tic-tac, em Angola, à semelhança do que se pratica no Barcelona FC de Espanha.        
AP