Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tramagal apontado ao Sagrada Esperana

Avelino Umba - 26 de Julho, 2018

Treinador dos proletrios pode regressar aos diamantferos na prxima temporada

Fotografia: MOTA AMBRSIO | Edies Novembro

O treinador da equipa principal de futebol do Sagrada Esperança, para a próxima época,  pode sair de Benguela. O Jornal dos Desportos apurou de uma fonte local, que Agostinho Tramagal, actual técnico do 1º de Maio, é o mais sério candidato à sucessão do turco-alemão Ekrem Asma, que rescindiu amigavelmente o vínculo contratual com a equipa diamantífera, na sequência de resultados menos bons no presente Girabola Zap, depois de uma excelente temporada em 2017.
Quanto faltam cinco jornadas para o fim do Girabola Zap 2018, questionado sobre o assunto pelo JD, por altura do jogo entre o 1º de Maio de Benguela e o Progresso Sambizanga, disputado no estádio Edelfride Costa, Agostinho Tramagal, técnico que orientou a equipa do Sagrada Esperança na época de 2002, não confirmou, nem desmentiu sobre a possibilidade de regressar ao clube diamantífero, pois, como disse,  enquanto decorre o campeonato é prematuro falar da sua saída do grémio proletário, com quem tem contrato válido por duas épocas.
\"Tenho um contrato firmado para duas épocas com o 1º de Maio de Benguela. A minha saída não pode ser possível pelas razões acima evocadas, a não ser que o 1º de Maio rescinda de forma amigável o contrato firmado entre as partes. Deste modo, a questão de continuar ou não, ainda é cedo para nos pronunciar sobre o assunto. Faltam cinco jogos para o término do campeonato e nós, como treinadores, o nosso objectivo é trabalhar até ao fim da prova\", disse.
Tramagal avançou que o motiva no momento é trabalhar,  para motivar os atletas, de modos que o grupo esteja à altura para sair da situação critica em que se encontra na tabela de classificação (último) do campeonato. 
\"Precisamos de motivar mais o grupo do ponto de vista desportivo e continuar a trabalhar, para sair da posição em que a equipa se encontra, embora reconheçamos que não está fácil. Por isso, falar hoje de Tramagal é com o 1º de Maio de Benguela, que está a lutar para não descer de divisão. Estamos a fazer um trabalho sério em termos psicológicos com os jogadores, para fazer jogos de igual para igual com os adversários. Por isso vamos falar do 1º de Maio, que se encontra numa fase complicada com jogadores a reagirem por outros motivos\", explicou.
Reafirmou que a época ainda não terminou e com a equipa que tem, acredita ser possível conquistar pontos para a manutenção na prova.
\"Ainda não esgotou a possibilidade da equipa sair da zona de despromoção em que se encontra. Contudo, precisa de trabalhar de forma árdua, motivando a rapaziada para os jogos em falta, de forma a conquistar vitórias\", disse. AVELINO UMBA