Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tramagal lamenta ineficcia na finalizao

Armando Sapalo - 12 de Janeiro, 2019

Agostinho Tramagal afirmou que o desafio frente ao FC Bravos do Maquis,

Fotografia: Edies Novembro

O treinador do Sagrada Esperança da Lunda-Norte,  justificou quarta-feira no Dundo, que  o  empate  caseiro no dérbi do Leste, frente ao FC Bravos do Maquis, deveu-se a falta de eficácia na finalização.
Agostinho Tramagal afirmou que  o desafio frente ao FC Bravos do Maquis,  \" terá sido \" até ao momento o melhor  jogo da sua equipa,    contudo  reconheceu que ,  mais uma vez, os diamantíferos não foram felizes no ataque.
Apesar de o Sagrada Esperança ter entrado a perder, a partir do  décimo minuto,  com um auto-golo do avançado Mussa , o mesmo que veio a  apontar o tento do empate  aos 73\' ,  Agostinho Tramagal afirmou que a sua equipa teve o domínio de quase toda a  partida.
Tanto no capítulo técnico como táctico,  o  Sagrada Esperança  foi mais equipa  em relação do que  o adversário, que  soube  defender bem e controlar todas as investidas  contrárias.
O técnico disse que agora mais do nunca,  deve levantar a cabeça   e  prestar uma especial atenção aos processos de finalização.
Agostinho Tramagal, cuja estratégia  de jogo tem sido alvo de  muitas críticas por parte dos adeptos da formação diamantífera,  acredita em dias melhores nas hostes do Sagrada Esperança.
O técnico   afirmou  que  o Sagrada Esperança pode fazer muito e melhor nessa época.  Apesar de não ter ganho ao FC Bravos do Maquis, Tramagal foi categórico,  em declarar que a equipa da Lunda-Norte  esteve bem compacta. Por isso, \" vamos dar a mão à palmatória \" , frisou .
 
 BALNEÁRIO
O treinador do Sagrada Esperança, Agostinho Tramagal,  revelou indignação  com a questão colocada pelo repórter do Jornal dos Desportos sobre \" como está o clima no balneário da equipa, face as últimas contestações dos adeptos\" .
Ao revelar irritação,  o  técnico,  que   sugeriu  na altura que  a  pergunta fosse remetida à  direcção do  clube, acabou por responder,  afirmando que \" há muita saúde e o Sagrada Esperança está unido e coeso \" .
\" Hoje vimos muita harmonia. Afinal é  possível na Lunda-Norte termos uma equipa forte e podemos todos os dias trabalhar para termos bons resultados.  Há saúde  e eu enquanto treinador de futebol o meu trabalho é  no campo. Vamos falar do jogo, porque no jogo não há balneário. Porquê buscarmos coisas do passado? \", disse o técnico.
Agostinho Tramagal disse que pretende, nos próximos jogos, um Sagrada Esperança forte , seguro e que os adeptos façam parte do espectáculo.
O treinador  assegurou, que  o balneário do  Sagrada Esperança respira muita  paz e tranquilidade. Por isso o técnico pediu paciência e calma , antes de reconhecer que os resultados  não são  ainda os  melhores.
\" Precisamos melhora aquilo que está mal, que é  a finalização  para podermos ganhar mais jogos\" , disse, ao referir que a  equipa está a ser moldada no sentido de conseguir bons resultado.
O técnico disse que está   à frente da equipa do Sagrada Esperança há apenas três meses e precisa de tempo para ir, paulatinamente, melhorando o que está mal.
O Sagrada Esperança, segundo Agostinho Tramagal,  está com um grupo forte  e consegue transmitir isso nos jogos que disputa. \" Estou consciente que estamos a fazer um bom trabalho. Estamos com um balneário saudável\" disse o técnico, que promete preparar um grupo forte e determinado, para o desafio da próxima jornada diante do líder Primeiro de Agosto.