Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Tramagal reparte favoritismo

Jlio Gaiano, em Benguela - 01 de Fevereiro, 2020

Fotografia: Edies Novembro

A equipa do Wiliete de Benguela está com a pontaria afinada e pronta para, amanhã à tarde, acertar no “buraco” da Académica do Lobito. A disposição foi manifestada pelo técnico José Agostinho “Tramagal” que, apesar de tudo, atribui favoritismo à formação lobitanga.
Académica do Lobito, segundo Agostinho Tramagal, é uma equipa experimentada no Girabola Zap e que dificilmente perde no seu reduto.
“Repare que, na presente temporada, apenas o FC Bravos do Maquis conseguiu pontuar no Buraco. Os demais perderam. Não tenho dúvidas que no jogo contra o Petro de Luanda, se fosse no Buraco, tenho as minhas dúvidas que o Petro vencesse o jogo. Nós vamos lá jogar convictos de que não vai ser fácil, não obstante ser a nossa pretensão ganhar”, precisou.
No entender do técnico do Wiliete SC, o facto de se tratar de um dérbi, não há favorito, podendo vencer o jogo a equipa que melhor se apresentar em campo.
“Em jogos dessa natureza, os resultados são imprevisíveis. Os jogadores, quase todos eles, se conhecem, estão sempre juntos e sabem a forma de jogar de cada um deles, logo fica difícil atribuir favoritismo a qualquer uma das equipas. Ainda assim, vamos entrar determinantes e disputar os três pontos em pé de igualdade com a Académica que, a partida, é favorita”, afiançou.
Agostinho Tramagal espera que o público lobitanga seja uma verdadeira atracção e que participe com urbanidade na festa da bola.
Tramagal pode começar o jogo com o seguinte "onze": Mig; Matheus, Vitorino, Cristiano Quitembo e Razão; Brasuca, Savané, Benvindo (ou João Vala) e Maria Pia; Quinho e Gladilson.