Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Travado

Paulo Caculo - 04 de Abril, 2016

Lder derrotado pelo Cala e perde a invencibilidade no campeonato

Fotografia: Jornal dos Desportos

O 1º de Agosto perdeu (2-0) ontem, no Huambo, o jogo frente ao Recreativo da Caála, em desafio da sexta jornada do Girabola, disputado no estádio Mártires da Canhala.Num jogo em que lhe era atribuído total favoritismo, sobretudo a julgar pelo excelente percurso que protagoniza na competição, em que  ainda, líder invicto, a equipa militar acabou defraudando com todas as expectativas, ao consentir dois golos e mostrar-se impotente para marcar algum.

Diante do Caála, último colocado do campeonato, o 1º de Agosto até entrou a dominar, a explorar muito bem os espaços em branco e a abrir vias de acesso á baliza contrária mas, porém, pecava sempre nos momentos cruciais da partida. O festival de falhanço protagonizado pelo ataque dos militares era evidente, facto que justificou o nulo até ao intervalo.

Muito bem povoado no seu meio-campo, o Caála soube interpretar da melhor forma o adversário, não tendo permitido que este jogasse a bel-prazer muito próximo da sua área. A forte muralha defensiva montada pelo conjunto do Huambo permitiu à equipa suster o enorme caudal ofensivo e os períodos de pressão a que estiveram sujeitos durante largos períodos do jogo.

Mas nem por isso a equipa da casa limitava-se a defender. Muito pelo contrário. O Caála também teve força colectiva para correr atrás do golo e acabou sendo com alguma naturalidade que conseguiu, aos 75', numa jogada de belo efeito.O 1º de Agosto ressentiu muito do golo sofrido, razão pela qual jamais mostrou ter tranquilidade psicológica para, pelo menos empatar. Continuou a dispor de ocasiões de golo, mas os atacantes pecavam, ainda, na finalização. E, como quem não marca acaba, quase sempre, por sofrer, foi mesmo muito próximo do desfecho da contenda, aos 88', que o Caála fecharia o "caixão", ao dilatar a vantagem para 2-0.