Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Treinador justifica sangria no plantel

Augusto Panzo - 13 de Junho, 2017

Adjunto de Zeca Amaral contra plantel excessivo

Fotografia: kindala Manuel | Edies Novembro

O treinador -adjunto do FC Bravos do Maquis, Ivo Campos, justificou aos órgãos de comunicação social, a razão da diminuição de jogadores no plantel da equipa do Moxico. O braço direito de Zeca Amaral disse, que era impossível trabalhar com um plantel tão volumoso, tal como encontrou na equipa. "Quando chegámos ao FC Bravos do Maquis, encontrámos um plantel composto por 39 jogadores. Isso é desumano. Em qualquer parte do mundo isso não funciona. Não se trabalha com tantos jogadores assim, porque complica e é contra a metodologia de treino", justificou.

Sobre a aquisição de jogadores para a segunda volta do Girabola Zap de 2017, o adjunto do Zeca Amaral manteve-se reservado, apesar de se constatarem caras novas dentro do plantel."Não posso dizer se vamos ter ou não reforços, em função da própria conjuntura económica. Mas vocês tiveram a oportunidade de constatar, que há algumas caras novas, a treinar no nosso plantel. Estão em regime de observação", afirmou.Por se tratar de jogadores conhecidos a nível do Girabola Zap, o Jornal dos Desportos avança que se tratam do central Borges, que saiu da Académica do Lobito, o médio Milex (ex-ASA) e Chole, que regressa ao clube maquisard, depois de representar o Sagrada Esperança, por algumas épocas.