Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Valdez satisfeito na Acadmica

Valoda Kambata - 27 de Fevereiro, 2020

Fotografia: Jornal dos Desportos

O defesa central Hugo Valdez, emprestado pelo Interclube à Académica do Lobito, clube onde se formou, revelou ao nosso jornal estar feliz com a sua integração no plantel às ordens de Águas da Silva, em que é titular indiscutível.
Depois de representar os polícias por seis épocas, mas com poucas oportunidades nos últimos anos, o atleta regressou pela porta grande a uma casa que conhece muito bem.
"A dada altura senti que tenho muito para dar ao futebol, por isso penso ser esta a oportunidade para relançar a minha carreira. Razão pela qual aceitei este desafio, num clube que bem conheço," salientou.
Confessou estar feliz, por estar a corresponder às expectativas criadas em volta do seu regresso a equipa que o lançou para alta roda do futebol nacional. “Quando um jogador entra para uma nova etapa, o desejo é lutar para conquistar a titularidade”, afirmou.
“Felizmente, as coisas correram muito bem, e quero aproveitar esta oportunidade para manter a mesma  dinâmica até ao final da época. Espero continuar  com boas exibições, para valorizar ainda mais a confiança depositada em mim”, sublinhou. 
Valdez tem se destacado como um verdadeiro líder  do balneário dos estudantes, e espera manter esta posição. "O grupo é dos melhores, pois existe a mistura de jovens com alguns de maior idade ", destacou.
Reconheceu, que "isso é bom, pois dá maior tranquilidade e confiança a equipa, aliando a experiência e a juventude. Por outro lado, o nosso grupo é muito unido, o que ajuda-nos a crescer tanto  como homens e depois como atletas. Penso que isso é fundamental ", referiu.
Comparando a ex-equipa e a actual, disse que o Interclube é de outra dimensão, enquanto a Académica é uma formação modesta .  
"O Interclube é um clube de outra dimensão, com objectivos centrados nas competições africanas, já a Académica é modesta, com um orçamento baixo e que normalmente luta para lugares do meio da tabela ", justificou.
Com 28 anos de idade, Valdez acredita que ainda pode dar mais em prol do futebol nacional. Reiterou que está bem no Lobito e espera ajudar os estudantes, no seu regresso a casa que muito bem conhece.
"A minha integração tem sido muito boa. Tenho tentado compreender da melhor forma os  ensinamentos, que o mister tem transmitido. Quero desde já agradecer a Deus por ter encontrado um grupo muito bom, o que tem contribuído para a minha integração ", realçou. 
Quanto ao nível competitivo do campeonato nacional, o ex-capitão dos polícias considera de bastante competitivo e realçou o facto de nada ainda estar definido. 
"O Girabola Zap está cada vez mais competitivo e a cada ano que passa cresce mais. As equipas estão mais fortes e com maior ambição. Temos visto que entre o segundo e o quinto classificado não há muita diferença ", acentuou.

ÚLTIMAS JORNADAS
"Todos os jogos serão difíceis"


A medida que o Girabola Zap 2020/21 caminha para o seu término, Valdez reconhece que a competição está equilibrada e nesta fase todos os jogos são autenticas finais. Antevendo o jogo da próxima jornada, admitiu que esperam por dificuldades.
“Respeitamos o Ferrovia do Huambo, pois é uma equipa que tem feito bons jogos, conseguiu um empate diante do 1º de Agosto e venceu o Libolo,  mas estamos confiantes numa vitória”, disse, o atleta após o termino o treino.
 “Tenho a certeza que vai ser um jogo bastante difícil, diante de um adversário que vai procurar manter-se na senda de vitórias. As chamadas equipas pequenas têm tendência de fazer bons jogos com equipas grandes. Ainda assim, não receamos o adversário, vamos jogar de igual para igual e lutar para vencermos”, augura confiante.
A posição da Académica do Lobito na tabela de classificação, não exige tantos cuidados para aquilo que são os seus objectivos, mas o plantel quer pontuar sempre. O nosso entrevistado garantiu estarem bem e prontos para o que der e vier.
“A nossa equipa está tranquila e pronta para fazer um bom resultado no próximo sábado. Graças a Deus, os treinos têm corrido sem grandes sobressaltos e penso que estamos prontos para fazer um bom jogo”, assegurou.
Elogiou o trabalho psicológico que a equipa técnica tem feito, para o bom desempenho até ao momento. "O treinador tem trabalhado muito neste aspecto, daí que o grupo esteja completamente virado para os bons resultados, ciente que tem objectivos a cumprir no presente campeonato", finalizou.