Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"Vamos descarregar toda raiva acumulada"

15 de Fevereiro, 2020

Fotografia: Edies Novembro

O treinador do Petro de Luanda, Toni Cosano, prometeu e está convicto que a sua equipa vai \"descarregar toda a raiva acumulada\" no Ferrovia do Huambo, no jogo desta tarde, às 17h30, que a acontecer será a primeira vitória tricolor do ano civil, no duelo em que o espanhol não conta com  os préstimos do médio Isaac Mensah, por lesão. O ghanês sofreu uma lesão, nas costas, durante o jogo da Taça de Angola, com o Sagrada Esperança, que se disputou na quarta-feira. 

\"Em 2020 ainda não vencemos, tivemos vários empates, mas já está na hora, sem dúvida alguma, de somar três pontos e conquistar a primeira vitoria. Amanhã, vamos descarregar toda a raiva que está acumulada, para devolver a confiança que as pessoas têm da nossa equipa\", disse. Toni Cosano adiantou, que está atento ao desempenho do adversário, desta tarde, que empatou na jornada passada com o 1º de Agosto, por isso, preparou com cautela o jogo, pois, sabe que é uma equipa muito boa, intensa e muito forte no ataque.

\"Depois de uma eliminatória dolorosa, vamos fazer uma boa exibição, para ter um bom resultado, vimos o Ferrovia, na semana passada, uma equipa muito intensa e boa, muito forte no ataque\", afirmou.Os últimos resultados da equipa tricolor deixaram os adeptos agastados e chegaram mesmo a apupar e pedir a cabeça do treinador. Toni Cosano disse, que não está preocupado com a intenção dos adeptos, mas com os olhos no seu trabalho, e que  empatar é muito normal.

\"O Petro empatou e é muito normal, faz parte de um clube de futebol, se vencermos dois ou três jogos, voltará tudo à normalidade.  Sei como funciona a minha profissão, não tenho grande sentimento no futebol, sou frio, tanto que digam fora o Cosano, continuo o meu caminho com os olhos no trabalho, e no final não tenho dúvidas, as coisas acabam sempre bem\", desabafou.Para além de Isaac Mensah, Cosano não conta, igualmente, com Danilson, está com inflamação nos joelhos e não tem treinado,  Muila e Dos Santos estão com dores musculares.  

                                                         EDVALDO LEMOS