Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"Vamos lutar at ao fim"

Edvaldos Lemos - 24 de Fevereiro, 2020

Toni Cosano tem o foco apenas na conquista do ttulo nacional

Fotografia: Paulo Mulaza, Edies Novembro

A equipa do Petro de Luanda não vai abdicar da luta pela conquista do Girabola Zap, por isso tudo vai fazer para a concretização do objectivo. A garantia foi dada sábado último, no Uíge, pelo treinador António "Toni" Cosano, após a vitória por 2-0, sobre o Santa Rita de Cássia, jogo válido para a 21ª jornada da competição. 
"Entraremos com toda força no jogo com o Progresso (quarta-feira), sabemos que é uma grande equipa, mas nós temos um objectivo, que é a conquista do campeonato", disse.
O treinador espanhol alertou, que todos os jogos que têm pela frente serão  considerados como "autênticas finais", uma vez que o Petro de Luanda pretende acabar com o jejum de 10 anos, sem conquistar o cobiçado troféu.
Toni Cosano vai procurar recuperar o esforço dos jogadores com muitos jogos nas pernas, uma vez que o Petro está apenas a competir no Girabola Zap, em relação ao principal rival, 1º de Agosto, que ainda está na Taça de Angola.
"Daqui para frente todos os jogos que temos serão autênticas finais. Vamos recuperar os jogadores que têm muitos jogos nas pernas, pois nós temos um objectivos claro:  vencer o Girabola Zap.  Depois da eliminação da Taça, só nos resta a conquista do campeonato", afirmou
Com golos dos avançados Toni e Yano, os tricolores derrotaram os católicos do Uíge, por 2-0, mas apesar de perder pontos em casa, o Santa Rita jogou de forma destemida e complicou a tarefa do Petro de Luanda, pois a equipa luta por melhores posições na tabela de classificação, para evitar a despromoção.
Já o Petro esteve no Uíge com intenções de assaltar a liderança do campeonato. A equipa tricolor fez bem o seu papel, ante um adversário que semana antes havia travado o campeão. Por isso, Cosano enalteceu a postura da formação adversaria e felicitou os seus jogadores pela atitude.
"Foi um jogo bom, onde tivemos que dar tudo para conseguir a vitória. O adversário não cruzou os braços, deu o seu melhor, mas está de parabéns a equipa do Petro por ter conseguido essa vitoria", reconheceu.

LIVRE DA LESÃO
Elber regressa em grande


O regresso do guarda-redes Elber à equipa titular do Petro de Luanda, sábado último, no Uíge, foi o destaque dos tricolores no jogo diante do Santa Rita de Cássia.
Ausente da baliza petrolífera durante três meses, em virtude de uma grave lesão, o guardião tricolor transmitiu bastante confiança aos colegas e saiu "ileso" da partida, dado que o Petro marcou dois golos e não sofreu, duelo disputado no estádio 4 de Janeiro, válido para a 21ª jornada do Girabola Zap 2019/2020.
Elber teve duas defesas espectaculares no jogo com o Santa Rita de Cássia, ou seja, mostrou que não perdeu a capacidade de proteger as redes petrolíferas.
Elber perdeu a titularidade em Dezembro último, depois do jogo com o USM da Argélia, no estádio 11 de Novembro, referente à segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.
No referido duelo, o guarda-redes tricolor contraiu uma lesão que inflamou os joelhos, tendo ficado de fora em seis jogos do Girabola Zap e quatro da Liga dos Campeões de Africanos, totalizando 10 jogos.