Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Vesko garante armada ofensiva

Valdia Kambata - 30 de Setembro, 2015

Plantel do Inter centrou a preparao na componente ofensiva e est bastante motivado para o jogo desta tarde frente ao Desportivo da Hula que tem feito boas partidas em casa

Fotografia: Santos Pedro

O técnico do Interclube garantiu, que a equipa está prevenida para não ser surpreendida, esta tarde, na vista ao Desportivo da Huíla e assegurou que os polícias estão prevenidos para conquistarem três pontos.Vesalin Vesko, afirmou, que para materializarem o objectivo que perseguem na prova, vai manter o sistema táctico, assente no conjunto.

“Vamos continuar a apostar no nosso conjunto, visto que tem estado a dar frutos até agora”, salientou o técnico dos polícias. O técnico admitiu esperar por grandes dificuldades, a julgar pela posição que o adversário ocupa na tabela de classificação. " Vamos procurar fazer um bom jogo no sábado e tentar sair com um sorriso no rosto, mas temos consciência que não será fácil", precisou.

O responsável técnico da formação do Rocha Pinto, revelou que o empate com sabor a derrota diante do Kabuscorp do Palanca, já foi esquecida e o plantel está compenetrado e com vontade de regressar às vitórias.  " Temos consciência do grau de dificuldades que nos espera. O Desportivo é muito forte em casa, mas o grupo está imbuído do espírito de vitória e isto é que interessa, para os objectivos que perseguimos. Repito, respeitamos o nosso adversário, mas estamos com vontade de conseguir três pontos", salientou.

No último treino realizado ontem, antes de partirem para a província do Huíla, Vaselin Vesko centrou a preparação nos lances ofensivos, numa clara demonstração que o técnico está preocupado com o facto da equipa não marcar no jogo passado.Nesta sessão, em que a recreação também esteve em evidência, os atletas mostraram grande disposição em retomar as vitórias, aliás, este é discurso que paira nas hostes da formação do Ministério do Interior.

A julgar pelo pouco tempo de trabalho e por aquilo que foi dado a observar no treino de ontem, o "onze " deve ser este: Jotabe, Cristiano ou Filipe, Fabrício,Valdez, Rico, Pirolito, Paty, Paz, Nandinho, Karanga e Moco. Na primeira volta, as duas equipas empataram (0-0) num jogo bem disputado, no estádio 22 de Junho, numa altura que os polícias eram orientados por Ilian Iliev.

jogo no buraco
Estudantes têm a lição estudada


A Académica do Lobito necessita de uma vitória para assegurar a continuidade no Girabola. Os estudantes estão cientes de que têm esta tarde um teste muito difícil, ante o Benfica de Luanda, adversário que tem o orgulho ferido depois de duas derrotas consecutivas.O técnico dos lobitangas, Ekrem Asma, manifestou-se confiante no triunfo da equipa para concretizar o sonho da direcção, atletas, técnicos e de toda a massa associativa do clube. Destacou que os encarnados vêm de uma série de resultados negativos, ainda assim, acredita na capacidade dos seus atletas.

Reconheceu ser  boa altura para defrontá-lo, para aproveitar o momento menos bom que a águia enfrenta, do ponto de vista anímico, para vencer o jogo e confirmar a manutenção no Girabola. “Estamos preparados para defrontá-lo, até porque trabalhámos para isto. Vamos jogar em casa e diante do nosso público, que de certeza, vai estar do nosso lado. Por isso, temos motivos suficientes para acreditar nos três pontos”, precisou o técnico da Académica do Lobito, para quem a sua equipa está em condições de fazer melhor e terminar a prova no meio da tabela, caso deixem os seus atletas jogar a bola redonda.

A vitória  na jornada passada, diante do Progresso da Lunda -Sul, galvanizou a turma dos estudantes que já falam com alguma segurança na permanência no Girabola,  têm como desejo à tarde, brindarem  com  o público lobitanga com um triunfo e afastar em definitivo, o “fantasma” da despromoção. “A nossa manutenção é um facto. Contas bem feitas, já não baixamos de divisão. Agora, compete-nos gerir a vantagem que construímos nas últimas quatro jornadas. A equipa está bem do ponto de vista anímica e desportiva”, avançou.

Sem falsa modéstia, assumiu que a equipa evoluiu bastante nos últimos jogos. “Já não é aquela que conhecemos ao longo da primeira volta. Os atletas apresentam alguma maturidade e responsabilidade no jogo, impõem o respeito a todos os seus adversários. Por isso, uma vitória sobre o Benfica, garantíamos em definitivo a nossa sobrevivência (…)”, enfatizou o timoneiro da formação lobitanga.
Júlio Gaiano - no Lobito