Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Vitria eficaz

Valdia Kambata - 15 de Maio, 2016

s melhores jogadores da prova. Sabamos que seria uma partida muito difcil e, por isso, tnhamos de lutar para alcanarmos os nosso objectivos

Fotografia: Jos Soares

O Kabuscorp mantém a tradição dos últimos anos diante do 1º de Agosto. Com um golo de Mano, àsua ex-equipa, ede Tresor no cair do pano, a formação do Palanca venceu o dérbi na recepção aos militares e continua na senda das vitórias. Os palanquinos acordaram hoje na segunda posição na tabela de classificação, ainda que à condição, e aguardam o desfecho dos jogos dos outros concorrentes à vice liderança do campeonato.

A equipa de Bento Kangamba vive um período de graça. Vencer os dois crónicos candidatos ao título em jornadas seguidas, após uma sequência de resultados que não agradaram à direcção e culminou com a rescisão de Miller Gomes do comando, é obra.

Na recepção aos militares, não se deixaram intimidar pela atitude e muitos menos pelo percurso do comandante do campeonato e infligiu a segunda derrota ao conjunto orientado por Dragan Jovic esta época.

Por ironia do destino, num lance a prior sem grande perigo o meio campo do 1º de Agosto perdeu a bola e o médio ofensivo do Kabuscorp Mano Calesso, após o passe do seu colega à entrada da meia lua, rematou forte sem qualquer hipótese de defesa ao guarda-redes militar.

Os militares, apesar da desvantagem não baixaram os braços e partiram por cima do adversário em busca do golo da igualdade. Criaram algumas oportunidades por intermédio de Gelson e Ary Papel, mas faltava eficácia da dupla de atacantes.

O intervalo  fez  bem  ao 1º de Agosto,  que regressou com outra atitude com a disposição de dar volta ao resultado, mas sem sucesso ante uma sector defensivo bem organizado e disposto a evitar a violação da baliza.

Inconformado com a desvantagem e o desempenho de alguns atletas, Dragan Jovic, numa sentada fez entrar Nelson  e Milambo. Minutos depois colocou Jumisse e avançou o defesa central Sargento como atacante.

Daí em diante, a equipa foi controlando o jogo e obrigou o adversário a recuar no seu meio campo e optar por lances de contra-ataques para surpreender os visitantes, endiabrados em busca desesperada do golo da igualdade.

E foi com esta estratégia, que o Kabuscorp chegou ao segundo golo, numa jogada conduzida por Amarildo que assistiu Tresor à entrada  da  grande área, com muita calma e classe bateu o keeper Dominique, selando resultado.


Declarações

Bodunha  (Kabuscorp)

"Vencemos a melhor equipa"

" É uma  vitória  fruto de muito trabalho. Hoje,  jogamos  e vencemos a melhor equipa do Girabola Zap e com os melhores jogadores da prova. Sabíamos que seria uma partida muito difícil e, por isso, tínhamos de lutar para alcançarmos os nosso objectivos, o que obrigou-nos a jogar a 200% em todos sectores, quer defensivo como ofensivo, para conseguirmos a vitória e conseguimos graças a muito empenho e empenho de todos".

Filipe (Adj. do 1º de agosto)

"Perdemos nos detalhes"

"Foi um bom jogo em que o nosso adversário ganhou nos detalhes, aproveitou bem as nossas falhas e espaço que concedemos. Não vou apontar erros de nenhum jogador, temos é que levantar a cabeça e  trabalhar para corrigir os erros cometidos e voltarmos a vencer na próxima  jornada, porque não estivemos bem ao longo da partida."

Arbitragem
Dignifica dérbi


O trabalho do trio de arbitragem, liderado por Romualdo Baltazar  não merece qualquer contestação. No lance em que os militares reclamaram grande penalidade, o juiz e os seus auxiliares  estiveram na decisão da jogada. Técnica e disciplinarmente também esteve ao nível do dérbi, na medida em que cumpriu e fez cumprir as regras de jogo, punindo as infracções as regras. Boa actuação.


Melhor  em campo
Mano atravessa
bom momento


Mano Calesso, ex-atleta militar esteve em tarde sim. O médio ofensivo do Kabuscorp esteve evidência não apenas por marcador o primeiro, mas acima de tudo pela forma jogou e fez jogar os colegas quando esteve em campo antes se ser substituído. Mostrou estar atravessar uma fase boa e não por acaso que é o melhor marcador dos palanquinos esta época com quatro golos . Sempre que teve a bola nos pés foi motivo de constante preocupação para a defesa do 1º de Agosto.