Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

1 de Agosto defronta AS Otho do C. Brazaville

Jorge Neto - 12 de Novembro, 2018

Fotografia: Dombele Bernardo / Edies Novembro

A equipa do 1º de Agosto defronta a formação do AS Otôho do Congo Brazaville, no estádio 11 de Novembro,  entre os dias 27/28 deste mês, em desafio referente a primeira mão da preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africano, ditou o sorteio realizado na passada sexta-feira, no Cairo, Egipto, na sede da Confederação Africana de Futebol (CAF).
O conjunto militar disputa a segunda mão entre os dias 4/5 do próximo mês, no país vizinho e caso passe esta eliminatória, defronta a seguir a formação do CNAPS FC do Madagáscar ou o FC Platinum (Zimbabwe), com o primeiro jogo a disputar-se entre 14/16 de Dezembro e o segundo entre os dias 21/23.
Na edição anterior da Liga dos Clubes Campeões Africano, o campeão nacional foi eliminado nas meias-finais pelo Esperance de Tunis da Tunísia, que conquistou a competição no último sábado, ao derrotar o Al Alhy do Egipto, por 3-0, após perder na primeira volta por 3-1.
Os militares fizeram a melhor campanha da sua história este ano, sob a orientação do técnico sérvio Zoran Maki, que deixou o cargo para o regresso do seu compatriota, Dragan Jovic, que orientou já a equipa no treino de sábado.
O treinador manifestou a sua satisfação pelo retorno e reforçou os objectivos dos rubro e negros nas provas que vai disputar, sendo naturalmente a conquista da Taça de Angola, Girabola Zap e fazer igual ou melhor do que chegar às meias-finais da \"Champions\". 
Na presente época, os agostinos contrataram cinco jogadores, o lateral Zé, o médio Nandinho, o extremo Ary Papel, e os avançados Mabululu e Aquino (brasileiro)

Petro vs Opara United
Por seu turno, o Petro de Luanda, na Taça da Confederação, mede forças diante do Opara United, vice-campeão do Botswana, adversário que nos últimos dez jogos somou oito vitórias, um empate e uma derrota. Marcou treze golos e consentiu quatro.
O representante angolano na Taça Nelson Mandela, está já a preparar este desafio, razão que os levou a solicitar a antecipação  do seu jogo da quarta jornada do Girabola, frente ao Sporting de Cabinda, com quem empatou ontem a uma bola.
 Os tricolores que, na edição passada, não chegaram à fase de grupos, reforçaram a sua equipa e ambicionam entrar para a segunda etapa da competição continental.  Diante de um adversário pouco conhecido nestas andanças, vai, certamente, tudo fazer para confirmar  o seu favoritismo.