Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

1º de Agosto procura vantagem em Kampala

Jorge Neto - 10 de Fevereiro, 2017

Campeão nacional busca resultado positivo no jogo da primeira mão da preliminar de acesso à fase de grupos

Fotografia: Jornal dos Desportos

O campeão 1º de Agosto defronta hoje, às 16h00 (14h00 em Angola), no Estádio Lugogo, no Uganda, a formação do Kampala City Council FC, em jogo referente à primeira mão da preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos.

Apesar de não dispor de muitas informações sobre o adversário, o objectivo dos militares é o de garantir um resultado que lhe permita decidir a eliminatória no desafio da segunda mão, no estádio 11 de Novembro, em Luanda.

Nos dias que antecederam a viagem para a capital do Uganda, o conjunto rubro-negro estudou um vídeo do campeão ugandês e o resto dos dados foram apurados já em terras do adversário. Um dos pontos fortes da equipa da casa, segundo fonte contactadas pelo nosso jornal, são as marcações de bolas paradas, facto reconhecido pelo  técnico-adjunto Ivo Traça, que hoje vai orientar o 1º de Agosto, em função da ausência do timoneiro principal, o bósnio Dragan Jovic, por motivos familiares.

O Kampala City cedeu seis jogadores a selecção do Uganda, que participou recentemente no CAN do Gabão, e lidera isolado o campeonato local com 35 pontos, decorridas que estão 16 jornadas, e na última terça-feira, venceu o Bull FC por 2-0.

Os créditos do campeão ugandês são suficientes para complicar a formação angolana, que foi para este desafio com apenas 90 minutos disputados em um jogo oficial, na Supertaça, diante do Recreativo do Libolo, no sábado passado, a quem derrotou por 1-0.

É um ponto assente que o conjunto militar ainda não está no pleno das suas condições físicas e desportivas, por ter tão-somente um jogo nas pernas, mas pode contar com a motivação de conquistar o primeira título da época e tirar proveito de jogar na segunda mão em Luanda.

Pelos motivos evocados, se afigura uma tarefa difícil para o campeão nacional, único representante do país, nesta competição, e que tem como objectivo ir o mais longe possível, ou seja, atingir à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões.

Dois anos depois, os militares regressam à Liga dos Campeões Africanos com o objectivo bem definido, chegar à fase de grupos, mas com algumas baixas de peso, ou seja, as saídas dos goleadores dos últimos anos, Gelson e Ary Papel, e ainda à procura de um finalizador capaz de fazer esquecer os agora jogadores do Sporting de Portugal.


IVO TRAÇA
Técnico agostino
bastante optimista


O treinador-adjunto da equipa principal de futebol do 1º de Agosto, que hoje à tarde, no Uganda, vai orientar a equipa no jogo diante do Kampala City Council FC, válido para a primeira mão da preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos  Clubes Campeões Africanos, dada a ausência de Dragan Jovic, por motivos familiares, está confiante num bom resultado.

O optimismo de Ivo Traça ficou patente na antevisão que fez ao jogo, ainda em Luanda, momento antes da viagem ao Uganda, tendo referido que o trabalho desenvolvido para a deslocação ao Uganda foi positivo.

"Estamos determinados em lutar por um resultado positivo, tivemos uma preparação altura, apesar de não conhecermos o adversário. Estamos todos com o moral em alta e vamos competir com o objectivo de fazer um bom resultado", disse o adjunto do sérvio Dragan Jovic.

Ontem às 16h00 (14h00 em Angola), à mesma do jogo desta tarde, a equipa do 1º de Agosto reconheceu o relvado do Estádio Lugogo, com uma sessão de treino ligeiro, depois de estar em Kampala desde à última quarta-feira.

O grupo mostrou que está preparado para o embate e eventuais contrariedades que possam surgir antes e durante o desafio, pois a equipa, ao contrário do adversário que já leva 16 jogos no seu campeonato, apenas disputou um oficial, sábado último, diante do Recreativo do Libolo, para a Supertaça. 
JN