Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

AFA e 1 de Agosto disputam hoje a final

Gaudncio Hamelay-Lubango - 18 de Maio, 2019

O tcnico principal da equipa do 1 de Agosto, Ricardo Moura, quer revalidar o ttulo

Fotografia: Jornal dos Desportos

As equipas da Academia Futebol de Angola (AFA) e do 1º de Agosto disputam esta manhã, a partir das 10h00, no estádio 11 de Novembro, pertença ao Sport Lubango e Benfica, na província da Huíla, a final do Campeonato Nacional de futebol de Sub-17, edição de 2019.
O técnico principal da equipa do 1º de Agosto, Ricardo Moura, quer revalidar o título, mas reconhece que será um jogo muito difícil, por isso promete procurar vencer na final, para conseguir conquistar pela quinta vez o troféu.
“Sabemos que será um desafio muito difícil como foi na fase das meias-finais. Nesta fase do campeonato já não há jogos fáceis. Por isso, vamos recuperar os atletas que estão muito fatigados, devido a acumulação de jogos nestas últimas semanas e depois preparar a melhor estratégia, tendo em conta o adversário, que se chama AFA, para ver se conseguimos vencer”, prometeu.   
O treinador principal da AFA, Ricardo Ribeiro, manifestou a sua satisfação por ter conseguido chegar a final. “É sempre bom, quando se atinge uma final. O primeiro objectivo era irmos longe na competição. Atingimos a segunda final este ano, depois do provincial. Somos uma instituição que queremos marcar referência no futebol nacional. Este ano atingimos em ambos os escalões quatro finais. O que é importante”, referiu.
Para chegar a final, a Academia Futebol de Angola (AFA) goleou, nas meias-finais disputadas quinta-feira, a formação do JGM do Huambo por 5-1. Noutro desafio das meias-finais, o 1º de Agosto venceu aos penaltis a equipa do Electro do Lobito por 3-1. Ao longo do tempo regulamentar, os dois conjuntos encontravam-se empatados a zero bolas.
Para a terceira posição da tabela de classificação geral, defrontam-se no mesmo recinto, à partir das 8h00, a formação do Eléctro do Lobito e o JGM do Huambo.