Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

AKC do Cunene apresenta plantel que vai disputar a segundona

Aro Martins , Ondjiva - 04 de Junho, 2018

O Desportivo da Hula levou futebol de primeira gua s terras do Rei Mandume

Fotografia: Aro Martins | Ondjiva

Num jogo intenso, a formação Augusto e Kafelango (AKC) Futebol Clube do Cunene, perdeu sábado, por 0-1, diante do Clube Desportivo da Huíla (CDH), em partida amigável, que visou apresentar o plantel da formação da província mais a sul do país, que vai disputar o Campeonato Nacional da Segunda Divisão, vulgo Segundona, de apuramento ao Girabola 2019, em partida que decorreu no estádio municipal dos Castilhos na cidade de Ondjiva.
O golo solitário dos militares da Região Sul foi rubricado pelo meio trinco Cagodó, numa partida que registou casa cheia, uma demonstração clara da sede que o povo do Cunene tem de ver futebol de primeira água.
O resultado não esteve em causa, mas o Desportivo da Huíla precisou de se empenhar a fundo, para levar de vencida a formação do AKC FC do Cunene, que almeja ascender ao Girabola 2019.
A boa réplica dada pelo representante das terras do Rei Mandume aos primo divisionários da província da Huíla, foi um indicativo positivo para quem almeja ascender ao Campeonato Nacional da Primeira Divisão, Girabola.
Na partida de apresentação do plantel do AKC aos sócios, amantes do desporto e população em geral das terras do Rei Mandume, o Desportivo, apesar de mudar este ou outro jogador, alinhou praticamente com os titulares que o técnico Mário Soares utiliza nos jogos do Girabola. Kissi; Tchiwe (cap), Sargento, Sidney e Bruno; Elias, Bruno Manuel, Manucho Dinis e Alé; Milton e Christian.
Mário Soares, utilizou ainda durante a partida, todos jogadores que completam o plantel para o Girabola 2018, tais como os guarda-redes Varito e Coió, e os jogadores Jojó, Alaba, Nuno, Mano Cele, Cagodó (autor do golo solitário), Beto Tchikafa, Malamba, Lionel, Kêmbwa e Nandinho.
Já a formação do AKC alinhou com Nengo; Hunga, Brzuca, Tetoe Geovany; Ndeto, Honradez, Yoyo e Tetinho; Mingo e Dicola. A semelhança de Mário Soares, a equipa técnica do AKC Futebol Clube do Cunene, rodou também o resto do plantel, com as entradas de Toni, Daducho, Ngola, Queno, Ajai, Dje, Depe, Yna, Beija, Pai-Dzeu, Gegé e Mambil.
O técnico principal do AKC. Petronilo Ortega disse que o Desportivo da Huíla é uma grande equipa. \"Em função do nosso trabalho, tentamos fazer a nossa parte. Não foi desta, mas também não estava em causa o resultado, fizemos dois jogos, perdemos o primeiro no Lubango, por 0-3, e agora por apenas 0-1, em nossa casa e, pelo menos, até agora os indicadores são positivos\", disse.
Petronilo Ortega informou que é com essa equipa que vai disputar a segunda divisão, \"apesar de estarmos a espera de mais dois reforços, um deles que vem da Huíla e outro de Luanda, para tentarmos colmatar o défice que ainda temos no meio campo e no ataque\".
Quanto aos adversários da Segundona, o técnico disse que estão atentos com o evoluir dos adversários, tendo destacado o primeiro jogo, que é contra o Sporting de Benguela, no próximo dia 9 do corrente, a quem toda atenção está direccionada. “Quanto ao nosso possível apuramento, tenho dito que vamos caminhar passo a passo e caso assim aconteça, é o futebol da província do Cunene, da Região sul e do país em geral, que ganha com isso, Vamos trabalhar seriamente, para que a província do Cunene tenha uma equipa na primeira Divisão”, salientou Petronilo Ortega.
Por seu turno, o treinador principal do Desportivo da Huíla, Mário Soares, reconhece o potencial da equipa AKC Futebol Clube do Cunene.Mário Soares felicitou a província do Cunene, que persegue a primeira divisão.
\"Nós na região, estamos a precisar de mais equipas, principalmente para diminuir os gastos do Girabola. É isso que tenho que felicitar ou desejar para esta equipa\", referiu.