Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Amaro quer fazer histria no Bravos do Maquis FC

Valdia Kambata - 10 de Agosto, 2019

Amaro espera ajudar o Maquis a atingir os seus objectivos na poca em todas as frentes

Fotografia: Contreiras Pipa | Edies Novembro

O médio ofensivo Amândio Filipe da Costa, conhecido nas lides futebolística  por Amaro, é o principal rosto  na equipa de futebol do Bravos do Maquis, para a temporada 2019/2020.  O atleta , que representou o Kabuscorp do Palanca por três épocas, de 2017 a 2019, espera  ajudar o Maquis a atingir os seus objectivos  e  inscrever o seu nome na historia do clube.

"A integração está a correr bem, visto que já conheço muitos jogadores e penso que não há muito segredos", salientou o médio, que já foi  internacional  pelos Palancas Negras.  O Amaro garante, que o trabalho de pré-época que o Maquis está  a realizar, serve de base para a temporada longa que se avizinha.  "Estamos a trabalhar bem e é a partir da pré-época, que o treinador vai formar a base da equipa que vai enfrentar a época desportiva 2019/2020 e, daí, atingir os objectivos traçado pela direcção do clube" salientou.

Embora esteja no começo dos trabalhos  e com alguns colegas e equipa técnica  nova , Amaro promete lutar, para conquistar a titularidade. " O meu maior desejo é lutar para  a titularidade e,  para isso, tenho que trabalhar e ganhar a confiança do técnico. Sei que não será fácil, pois, a equipa tem bons jogadores, todos eles com grandes capacidades técnicas  e com  experiência, para estar na equipa principal", disse. 

\"Como qualquer jogador, também desejo participar, de forma activa, nas vitórias do clube, no sentido de dar uma outra imagem ao Bravos do Maquis\", acrescentou.

Quanto aos objectivos  pessoais para a próxima época, Amaro espera  jogar com regularidade e, com isso, ajudar a equipa a ganhar o  maior  número de  jogos.  "Penso, que se formos uma equipa coesa, com uma mentalidade forte e ganhadora, estaremos mais próximos do sucesso e é isso que nós procuramos como jogadores, equipa técnica e direcção".

Amaro, note-se, começou a dar nas vistas na equipa do Benfica de Luanda, onde permaneceu cinco épocas. Fruto da sua boa prestação, transferiu-se  para o 1º de Agosto, em  2011, onde  ficou quatro  temporadas.  Em 2015 regressou ao Benfica de Luanda, onde só jogou dois anos, face à extinção da equipa de futebol. Por esta razão, em 2017 rumou para o  Kabuscorp  do Palanca.

QUALIDADE
"Podemos melhorar com este plantel forte"



Depois de ter alcançado o décimo lugar, no último Girabola, com 36 pontos, o Bravos do Maquis  procura  formar  uma equipa coesa  e forte  no sentido de, na época a abrir em breve, melhorar a classificação. O experiente  médio ofensivo considera, que os maquisardes têm um plantel equilibrado e com qualidade, para atingir os objectivos traçados .

 "Temos um plantel muito equilibrado. A maior parte dos atletas já está desde a época passada na equipa e, com a integração de mais reforços, o plantel fica mais forte. Acho que, com muito trabalho e humildade, podemos fazer muito mais no próximo campeonato e, se calhar, melhorar a classificação da época passada. Podemos melhorar com este plantel, que, na minha opinião, está mais forte”. 

Aos 32 anos de idade, Amaro notabilizou-se  ao serviço  do 1º de Agosto e não teme a concorrência de atletas mais novos . "A minha vida desportiva sempre foi de concorrência e, por isso, não preciso de me preocupar. Conheço as minhas qualidades e tenho a certeza, que vou continuar a trabalhar. Sempre que o treinador achar que devo jogar, estarei disponível e continuar a lutar para estar sempre disponível, para o bem da equipa", sublinhou.

CONFIANÇA
"Agradeço a aposta do mister Zeca Amaral"

Sendo um dos nomes mais sonantes da equipa do Moxico, para a temporada que se avizinha, Amaro promete, aos  adeptos do clube,  muito empenho  e dedicação, para atingir os objectivos traçados  pela direcção da equipa. O que posso prometer aos adeptos do Bravos do Maquis,  é que eu e os meus colegas tudo faremos para termos uma boa época. Os nossos adeptos podem esperar, da nossa parte, bom futebol. Espero que continuem a apoiar o nosso clube e a serem muitas vezes a força que falta, para vencermos o maior número de jogos" . 

O internacional dos Palancas Negras agradece a aposta de Zeca Amaral, seu primeiro treinador  na categoria de seniores. "Quero aqui agradecer ao mister Zeca, um treinador que conheço muito bem, pois foi o meu primeiro treinador a nível dos seniores, no Benfica de Luanda.  Espero, desde já, corresponder com esta aposta. Não quero defraudar", salientou .