Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

APF de Benguela confirma estatuto

04 de Janeiro, 2018

Das seis equipas inicialmente inscritas, apenas a Escolinha e Cabstar de Benguela sobreviveram s intempries, motivadas pela crise

Fotografia: DOMBELE BERNARDO

A Associação Provincial de Futebol de Benguela, liderada por António Costa, organizou os campeonatos nos escalões de sub-15, com 18 equipas de sub-17, com 16  de sub-20, com 15 formações dos municípios do Lobito, Catumbela, Baía-Farta,  Balombo e da cidade sede.
A criação de duas escolas de formação para prospecção de novos talentos estão em fase embrionária, uma clara demonstração do investimento e na aposta da direcção da referida instituição.
A distinção outorgada pela FAF, na Gala realizada em Luanda, como a melhor do país assenta perfeitamente.
O nascimento da nova Associação Provincial de Futebol de Praia de Benguela (APFPB), foi a nota marcante que mexeu com as praias do Lobito e da Baía -Farta, ao longo do ano.
Agostinho Pitra é o presidente e promete dinamizar a prática no seio da juventude, com realce para os residentes na orla marítima. No que toca ao futebol de salão, registou-se uma ligeira regressão, apesar dos esforços envidados pela direcção da referida Associação provincial.
Ao longo do ano, registou-se um número acentuado de desistências de equipas nos campeonatos provinciais.
Na classe feminina, o cenário foi desastroso. Das seis equipas inicialmente inscritas, apenas a Escolinha e Cabstar de Benguela “sobreviveram” às intempéries, motivadas pela crise que se apossou na maioria das colectividades desta urbe.                                                                
JG