Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

APFC defende aposta na massificao regio

18 de Outubro, 2017

O presidente da Associação Provincial de Futebol no Cunene, António Pitra, apelou, em Ondjiva, as direcções escolares apostarem na massificação do futebol para elevar o desenvolvimento da modalidade na região.

Ao falar à Angop sobre a necessidade de expandir o futebol em todas as áreas da província, o responsável disse ser necessário que as instituições escolares apostem e incentivem os alunos para a prática do futebol, para melhoria da saúde mental, física e a descoberta de talentos.

“Se envolvermos muitas crianças a praticar o desporto, estaríamos a prepara-las desde a base para a prática da modalidade a nível dos campeonatos provinciais e nacionais, e posteriormente serem captadas para outros clubes internacionais”, afirmou.

António Pitra aconselhou ainda os empresários locais a apoiarem as equipas com materiais desportivos de maneira a terem um nível competitivo nas formações de base, uma vez que, por falta de recursos financeiros, ficam impedidos de desenvolver o futebol na província.

A APFC controla actualmente 37 formações nos municípios do Cuanhama, Ombadja, Namacunde, Cahama e Cuvelai.

Na Lunda Norte, o campeonato inter-escolar, edição 2017, arrancou no fim-de-semana, no município de Tchitato, com a disputa de cinco jogos em diversos campos congregados nos Distritos Urbanos do Dundo e Mussungue

Dos desafios realizados, o Colégio nº 13, perdeu diante do “Osvaldo Serra Van-Dune” por 2-1, no campo adjacente ao Aeroporto do Dundo, com um auto-golo e o outro apontado por Issanzo Vungo, enquanto o Acácio reduziu pela equipa representada pelas cores da bandeira do Petro de Luanda (azul e amarela). No Mussungue, a escola Sachindongo goleou, por 4-0, o 4 de Julho (Aeroporto).

Segundo o programa da organização, os jogos decorrerão apenas nos sábados, em três jornadas, com vista a ocupação dos tempos livres da juventude. A escola “Eusébio Nelson”, é o detentor do troféu

A prova é disputada no sistema de todos contra todos, à duas voltas, contando com a participação de 10 formações, e visa, essencialmente, a manutenção dos níveis técnicos e competitivos dos atletas para o desenvolvimento do futebol na localidade, numa promoção da repartição municipal do Tchitato.