Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Asma forma equipa competitiva

01 de Fevereiro, 2018

Asma, garantiu que possui uma equipa em condies de jogar em p de igualdade com qualquer adversrio.

Fotografia: Benjamin Candido | Edies Novembro

A equipa do Sagrada Esperança da Lunda Norte, encerrou o estágio pré-competitivo, realizado na província de Benguela, confiante numa boa época.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o treinador Ekrem Asma, garantiu que possui neste momento uma equipa em condições de jogar em pé de igualdade com qualquer adversário.
O técnico defendeu à sua crença na capacidade física, técnica e competitiva demonstrada pelos seus atletas ao longo da preparação realizada na província de Benguela.
\"Fizemos uma boa preparação nestes 16 dias de trabalho. Temos mais uma semana e meia de trabalho antes do Girabola, por isso, acredito que a nossa equipa está bem e preparada para o que der e vier\", avaliou.
\"Ao longo da pré-época trabalhámos três vezes ao dia, apesar da reclamação dos jogadores. Valeu a entrega de todos e hoje estamos ao nível das equipas grandes, como 1º de Agosto e Petro de Luanda entre outras. Felizmente, tenho jogadores com bom carácter\", exaltou. De 53 anos, o técnico alemão, de origem turca, deu maior atenção aos trabalhos na organização do conjunto, numa primeira fase, consubstanciado num futebol rápido para surpreender os adversários e proporcionar a alegria ao público.
Ekram Asma defende que para se alcançar bons resultados, o jogo colectivo será um factor determinante, ao contrário do individual, que em nada contribui para o desenvolvimento do plantel. Quanto aos reforços, o responsável técnico do Sagrada Esperança, garantiu que estão a corresponder com as expectativas e espera por eles a mesma determinação nos jogos oficiais.
\"Não preciso ir buscar jogadores no Brasil, porque aqui Angola temos bons jogadores. Nós não pagamos muito, por isso, procuramos formar a nossa equipa dentro dos nossos limites\", destacou. Por último, admitiu que a equipa está óptima e bastante motiva para começarem a competir. \"
Temos tido boas reuniões com os atletas e penso que esta temporada vamos fazer um bom campeonato\", precisou.
\"Mas é importante dizer que aqui disputamos apenas jogos amigáveis e que não ganhamos ainda nada. Tudo vai ter que ser provado no Girabola, prova que é muito dura\" salientou.


BALANÇO
“O estágio foi satisfatório”


No estágio de 20 dias, realizado nas terras das acácias rubras, a formação diamantífera disputou sete jogos amistosos frente à equipas do Girabola e de escalão inferior. Ganhou seis e perdeu apenas um.
Ekram Asma considerou de positiva à entrega dos atletas e acredita que o Sagrada vai melhorar ainda mais a sua prestação a medida que decorrer a competição. \"Podemos considerar que o estágio foi satisfatória\", avançou.
\" Disputámos sete jogos. Ganhamos seis e perdemos um, frente ao 1º de Agosto, o que foi bom porque deu para ver  a reacção da equipa diante de uma derrota. Vamos regressar a nossa casa e continuar a trabalhar para entrarmos bem no Girabola Zap\", disse.
O técnico reafirmou que os objectivos para está época continua a ser o mesmo, ou seja, melhoria da classificação. \"Sempre disse que preciso de dois a três anos para ter uma equipa à lutar pelos lugares do top\", recordou.
\"O ano passado lutamos e ficamos em terceiro lugar, mas esta temporada estamos a trabalhar para melhorar a nossa posição. Depois, quem sabe em 2019 lutarmos pelo primeiro lugar. Estamos a trabalhar passo a passo\", sublinhou.
Nota de destaque no estágio da equipa do Sagrada Esperança foi a morte do lateral esquerdo, Ntako Zibakaka, ocorrido no dia 7, durante o treino matinal que a equipa realizava na Praia Morena.