Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Aviadores continuam sem ganhar fora de casa

Augusto Panzo - 03 de Janeiro, 2019

Fotografia: Santos Pedro | Edies Novembro

A equipa do Atlético Sport Aviação (ASA) continua sem ganhar, fora de casa, esta época. Em cinco partidas disputadas, apesar da boa qualidade de futebol que o plantel patenteia, os aviadores têm uma prestação negativa. O técnico, José Dinis, reconhece a necessidade de pontuar fora, porém, garante não estar obcecado.
\"O ASA ainda não ganhou fora de casa, entretanto, há aqui uma situação que deve ter-se em consideração. Cada uma das equipas, que participam no Girabola, têm 45 pontos, logo à disposição em função dos 15 jogos que têm para disputar em casa. A esses pontos juntam-se os outros, que vai procurar nos jogos fora de casa. Assim, quando se ganha fora, está-se a acrescentar aos 45 pontos disponíveis. E, quando se perde, faz-se o inverso, já que diminui\", revelou o treinador ao Jornal dos Desportos.
Para inverter o quadro, assegurou que o grupo trabalha nos mais variados sistemas tácticos,  está a incutir aos atletas a mentalidade de ganharem em qualquer Estádio. \"Estamos a moldar uma equipa que nos dê muitas alegrias num futuro breve\", realçou confiante em dias melhores.
Mais adiante destacou, que \"eu sei que os meus jogadores são extremamente extraordinários, em termos técnicos. São rapazes que mais um tempo, podem dar bons frutos. Aliás, trabalhamos muito nesse sentido, de maneira a torná-los verdadeiros cavalos de batalha\", assegurou.
José Dinis voltou a reiterar, que o plantel aviador acusa alguma falta de experiência, em alta competição. Sublinhou, que o colectivo que orienta tem cerca de 16 ou 18 jogadores nessa condição, que constitui um certo empecilho na prestação da equipa.
\"Temos o problema da inexperiência, da maioria dos nossos jogadores, em termos de Girabola, porque andamos por aí, à volta de 16 ou 18 atletas, nessa condição. Essa, é a razão de muitos erros que cometem durante os jogos. Refiro-me, aqui aos jogadores como, Modeste, Iniesta, Messias, Baton, Lukeba, Barbosa e mais outros. São jogadores que nunca jogaram em campeonato como o Girabola\", ressaltou.