Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Benfica reprova modelo de disputa

Gaudncio Hamelay | - Lubango - 14 de Fevereiro, 2019

Presidente da guia huilana ( direita) contra a disputa do zonal no sistema de todos contra todos a duas voltas

Fotografia: Edies Novembro

A equipa do Sport Lubango e Benfica só vai competi no Zonal de Apuramento ao Girabola Zap 2019/2020, que arranca no dia 23 do corrente, caso a prova seja disputada no sistema de zonas (A, B e C) e não nos moldes actualmente definido pelo Conselho Técnico e Desportivo da Federação Angolana de Futebol, ou seja, competição única, segundo o presidente de direcção, Jacks da Conceição.

Jacks da Conceição garantiu que se a Federação Angolana de Futebol (FAF) repuser este modelo de apuramento, por zonas, a equipa sénior do Sport Lubango e Benfica far-se-á presente na competição.

O responsável do grémio huilano acrescentou que caso prevaleça os moldes impostos pelo órgão reitor da modalidade no país, não irá participar por uma única razão: o clube está a trabalhar com empresas idóneas, cujo orçamento foi feito em função dos moldes anteriores.  

“Estamos a trabalhar com empresas idóneas. E é do conhecimento público que estabelecemos uma parceria a 30 de Janeiro do corrente ano, com a empresa Decathlon Marketing & Sports (DMS), do qual vai assumir o profissionalismo do departamento de futebol e as suas despensas financeiras. Por isso, a direcção do Sport Lubango e Benfica, não se vê do ponto de vista ético e da deontologia profissional e como gestores, voltarmos lá para irmos apresentar um outro orçamento para suportar o novo modelo imposto pela FAF”, esclareceu. 

O dirigente dos encarnados do Lubango disse que caso o Conselho Técnico e Desportivo da Federação Angolana de Futebol tivesse avisado com antecedência o modelo de disputa para 2019/2020 seria diferente, a direcção do clube teria a capacidade para reflectir em torno da realidade financeira que nos obriga a participar nesta prova.  

“Só assim é que poderíamos também nos candidatar para esta respectiva prova, por sinal a segunda maior competição futebolística do país”, disse.

Sublinhou que o actual modelo de disputa que consiste em jogar todos contra todos a duas voltas, o que pressupõe dizer rodar o país, seria bastante oneroso para o clube.

“Significa dizer que tínhamos que ir jogar no Norte, Leste, Centro e Sul do país e desportivamente ainda tem um outro handicap, são 12 equipas e teríamos que realizar 22 jogos”, salientou.

Jacks da Conceição aclarou que os 22 jogos, seriam feitos em 16 semanas para terminar a competição no próximo dia 30 de Maio, para corresponder com o calendário da Confederação Africana de Futebol (CAF). 

“Eu, pessoalmente, acho impossível, senão mesmo absurdo do ponto de vista de logística, financeiro e gestão de recursos humanos. Aqui estou a me referir dos próprios jogadores, treinamento e competição. Existe especialistas, por isso gostaria que me provassem o contrário, que é possível se fazer uma prova com 22 jogos em 16 semanas. Por isso, está ponderada a nossa participação dentro do que lhe apresentei. Se a federação fazer no modelo de zonal, o Sport Lubango e Benfica estará presente. Se for no modelo que a FAF impôs agora desde o dia 8 do corrente, nós não iremos participar”, anunciou Jacks da Conceição.

O Sport Lubango e Benfica joga na primeira jornada com o Ferroviário do Huambo.

CAMPEONATO INICIA A 23 DO CORRENTE  
Segundona sofre novo adiamento 


O Campeonato Nacional de Futebol da Segunda Divisão, Segundona, voltou a sofrer novo adiamento, estando agora remarcado para o dia 23 do corrente, informa o Comunicado Oficial nº 006/SG/19, com data de 7 do corrente.  

Conforme especificações contidas no referido documento, o novo adiamento deve-se a razões técnicas, designadamente a vistoria dos campos e a preparação de árbitros a serem observados pelo Conselho Central da referida classe. 

“É transferida toda a prova do Zonal de Apuramento para o dia 23 de Fevereiro, em virtude de haver alguns aspectos técnicos, como a indicação de campos a serem utilizados e a preparação dos árbitros a serem observados pelo Conselho Central de Arbitragem de Futebol da FAF”, esclarece o comunicado. 

No primeiro caso, referente à indicação dos campos, técnicos da Federação Angolana de Futebol estiveram a trabalhar no último sábado, dia 9 de Fevereiro, em Mbanza Kongo, onde fizeram a vistoria do campo Álvaro Buta, ao passo que na última segunda-feira, 11, tinham como previsão trabalhar na cidade de Caxito, com o fito de inspeccionarem o Estádio Municipal do Dande. 

Importa recordar que, para este Zonal de Apuramento estão inscritas doze equipas, designadamente Domant FC do Bengo, Estrela Clube 1º de Maio de Benguela, AKC do Cunene, Juventude Atlética do Saurimo, Wiliete Sport Clube de Benguela, Benfica do Lubango, Ferroviário do Huambo, Sporting de Benguela, Paulo FC do Dande, Jackson Garcia de Benguela, Clube ASK – Dragão do Uíge e São Salvador FC do Mbanza (Zaire). 

A primeira jornada da competição compreende as partidas Estrela Clube 1º de Maio de Benguela - AKC do Cunene, Juventude Atlética do Saurimo - Wiliete Sport Clube de Benguela, Benfica do Lubango - Ferroviário do Huambo, Sporting de Benguela – Paulo FC do Dande, Jackson Garcia de Benguela – Clube ASK Dragão do Uíge e São Salvador FC do Mbanza Kongo – Domant FC do Bengo. 

O Campeonato Nacional de Futebol da Segunda Divisão, Segundona, voltou a sofrer novo adiamento, estando agora remarcado para o dia 23 do corrente, informa o Comunicado Oficial nº 006/SG/19, com data de 7 do corrente.  

Conforme especificações contidas no referido documento, o novo adiamento deve-se a razões técnicas, designadamente a vistoria dos campos e a preparação de árbitros a serem observados pelo Conselho Central da referida classe. 

“É transferida toda a prova do Zonal de Apuramento para o dia 23 de Fevereiro, em virtude de haver alguns aspectos técnicos, como a indicação de campos a serem utilizados e a preparação dos árbitros a serem observados pelo Conselho Central de Arbitragem de Futebol da FAF”, esclarece o comunicado. 

No primeiro caso, referente à indicação dos campos, técnicos da Federação Angolana de Futebol estiveram a trabalhar no último sábado, dia 9 de Fevereiro, em Mbanza Kongo, onde fizeram a vistoria do campo Álvaro Buta, ao passo que na última segunda-feira, 11, tinham como previsão trabalhar na cidade de Caxito, com o fito de inspeccionarem o Estádio Municipal do Dande. 

Importa recordar que, para este Zonal de Apuramento estão inscritas doze equipas, designadamente Domant FC do Bengo, Estrela Clube 1º de Maio de Benguela, AKC do Cunene, Juventude Atlética do Saurimo, Wiliete Sport Clube de Benguela, Benfica do Lubango, Ferroviário do Huambo, Sporting de Benguela, Paulo FC do Dande, Jackson Garcia de Benguela, Clube ASK – Dragão do Uíge e São Salvador FC do Mbanza (Zaire). 

A primeira jornada da competição compreende as partidas Estrela Clube 1º de Maio de Benguela - AKC do Cunene, Juventude Atlética do Saurimo - Wiliete Sport Clube de Benguela, Benfica do Lubango - Ferroviário do Huambo, Sporting de Benguela – Paulo FC do Dande, Jackson Garcia de Benguela – Clube ASK Dragão do Uíge e São Salvador FC do Mbanza Kongo – Domant FC do Bengo. 
AP