Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Benguela capricha na organizao do CAN

Jlio Gaiano, em Benguela - 29 de Agosto, 2019

Seleco Nacional almeja conquistar o ceptro

Fotografia: Kindala Manuel|Edies Novembro

O Campeonato Africano das Nações de futebol sénior masculino com muletas, que a cidade de Benguela acolhe de 4 a 12 de Outubro próximo, está a ser preparado com rigor e responsabilidade pelas autoridades do governo e da sociedade benguelense, que tudo fazem no sentido de nada faltar, sobretudo no que diz respeito ao alojamento, alimentação e transporte para as delegações, oficiais do Comité Paralímpico Angolano (CPA) e do Africano (APC) e convidados.
O chefe do Departamento para a Política Desportiva do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos de Benguela, Júlio Johnston Paiva "Julino", que revelou o facto à imprensa, disse que, para que o sucesso seja uma certeza, a nível do Governo Provincial foi criada uma comissão liderada pelo vice-governador para a Área Técnica, Leopoldo Muhongo, para acompanhar os preparativos.
"Começamos a fazer o trabalho com antecedência, tal é a preocupação do governo provincial que, diante da situação, criou uma equipa liderada pelo vice-governador (para área Técnica) para, de perto, seguir o curso da situação e, se possível, intervir ali onde for necessário. Foi nesta perspectiva que, conseguimos ajudas substanciais para a competição, como os serviços hoteleiros, campos de apoios, para além, da mobilização de grupos de jovens organizados, a partir das escolas, para acomodar e confortar as selecções participantes", revelou.
À semelhança do que sucedeu com a realização dos X Jogos Regionais Escolares da Zona Centro, Júlio Paiva "Julino" admite ser pretensão da organização fazer do Campeonato Africano das Nações de futebol adaptado uma verdadeira festa da bola, proporcionando aos visitantes comodidade fraternal, próprio da cultura e tradição da região.
\"Pretendemos fazer deste evento, um acontecimento inesquecível e que possa servir de referência obrigatória em termos de organizações futuras no continente. Achou-se por bem aproveitar algumas pessoas que fizeram parte da organização dos jogos desportivos escolares para reforçarem a equipa de trabalho, tendo em atenção o saber e a valência profissional que possam proporcionar  na organização da prova\", anunciou.
Sobre a questão de segurança das comitivas durante a compita, o quadro sénior do Ministério da Juventude e Desportos, na província de Benguela, apesar de não precisar números, garantiu a presença de efectivos da Polícia Nacional, dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, bem como o pessoal do Instituto Nacional Emergência Médica de Angola (INEMA) dentro e fora estádio de Ombaka, assim como nos locais definidas como estratégicos pela organização do certame.
             
PREPARAÇÃO
Vice-campeões africanos já trabalham em Ombaka


A Selecção Nacional de futebol com muletas, vice-campeã africana e campeã mundial, está, desde 23 do corrente, concentrado na cidade de Benguela, a trabalhar no estádio de Ombaka, palco dos jogos do Campeonato Africano das Nações, CAN, que se realiza de 4 a 12 de Outubro próximo, naquela cidade. 
O Jornal dos Desportos apurou de uma fonte do Comité Paralímpico Angolano (CPA), que os trabalhos de preparação para a competição, realização de jogos de controlos com mistos da Região Centro-Sul, bem como o alojamento da selecção estão salvaguardados.
A fonte do CPA garantiu, igualmente, que apesar de a competição arrancar no dia 4 de Outubro, a cerimónia oficial de abertura acontece somente no dia seguinte. 
O "sete" nacional, a par da Libéria (campeã em título), está entre os principais candidatos na luta pela conquista do ceptro. Aliás, esta é o propósito maior dos angolanos que, depois de festejaram o feito de campeão Mundial na prova disputada no México, em 2018, concretamente, cidade de Guadalajara, esperam confiantes repetir o feito no "Africano" a disputar em território nacional.