Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Bianchi coloca fasquia no topo

Val?dia Kambata - 15 de Janeiro, 2017

Tricolores definiram como objectivo a conquista do campeonato nacional

Fotografia: José Cola

O técnico do Petro de Luanda Beto Bianchi, garantiu ontem na cerimónia que estão criadas as condições para lutarem pela conquista do título. O treinador brasileiro afirmou que a contratação dos reforços foi feita dentro do princípio estabelecido pela direcção e equipa técnica para alcançarem os objectivos traçados para as duas competições, nomeadamente a Taça de Angola e Girabola Zap.

"Este é o plantel que escolhemos para este ano. Tivemos altos e baixos na época passada, por isso, impusemos determinados perfis para os atletas que trabalham connosco e os novos, com vista a terem uma rápida adaptação e fazermos uma boa temporada", justificou.

Para a temporada que se avizinha os petrolíferos contam com oito reforços sendo cinco oriundos da camada de formação e  três com experiências na categoria de sénior, sendo dois brasileiros e um angolano. Beto Bianchi acredita que estes atletas podem ser uma mais valia no plantel tricolor.

"Em teoria  temos vantagens, mas no futebol não vale muita a teoria, contudo, vai depender muito das outras equipas que também se reforçaram e como será enquadramento destes. No nosso caso a base está ai, eles já sabem o que eu quero e como trabalho, na teoria vai ser fácil, mas temos que ver com o decorrer do tempo", explicou.

Ainda assim, o técnico mostrou-se satisfeito com as recentes contratações  tendo em vista a época 2017 e reafirmou que os objectivos estão definidos e passa conquista do campeonato nacional.

"Vamos lutar para atingir o nosso objectivo . Sei que vai ser difícil, pois, as outras equipas também estão a trabalhar neste sentido, mas vamos lutar  para conseguir aquilo que é o nosso desejo", salientou o treinador brasileiro.

Justificou que a contratação dos seus compatriotas obedeceu a um determinado rigor em função das necessidades do plantel em alguns sectores e espera que estes atletas correspondem com o propósito traçado.

" Fui a busca destes jogadores em função do perfil criado. O Toni é um avançado que protege bem a bola na zona de ataque, porque no ano passado tivemos problema com os jogadores nesta posição. O Rubinho é uma médio criativo que pode muito bem ajudar o nosso processo ofensivo", confessou.  

Beto Bianchi revelou que durante o estágio na província de Benguela o Petro de Luanda não vai realizar nenhum jogo com equipas do Girabola, pois, não deseja mostrar já a estratégia montada para as provas em que estarão envolvido.

" Vamos realizar alguns jogos com equipas da segunda divisão e entre nós, pois, acredito que vamos ter mais rendimento do que fazer jogos com equipas adversárias no mesmo campeonato", precisou.


PETRO DE LUANDA
Os reforços brasileiros contratados pela equipa do Petro de Luanda, para a presente temporada futebolística, almejam conquistar títulos ao serviço do clube do eixo-viário.

Num discurso ambicioso, durante a apresentação dos  mesmos , no dia em que o clube completa 37 anos de existência, o médio Rubinho de 29 de idade, disse que em apenas uma semana de trabalho em solo angolano, já conseguiu conhecer de forma razoável os colegas e está entrosado.

“Vim para este clube para ajudar a conquistar as provas em que estiver envolvida e vamos trabalhar arduamente e festejar no fim, mas a minha missão é tornar o Petro cada vez maior ”, disse.

Afirmou que apesar não ter conhecimento profundo do futebol africano e angolano em particular, o jogador disse ter sido bem recebido pelos colegas e da massa associativa, por isso, promete retribuir com vitórias e sempre a pensar no colectivo.

Por seu turno, Toni, avançado de 25 anos de idade, prometeu muito trabalho durante o período de preparação no sentido de merecer a aposta da equipa técnica, e ajudar a equipa a vencer de maneira sequencial, sempre respeitando os adversários.

“ Se quisermos vencer é preciso trabalhar muito bem todos os dias e quando assim acontece podemos sorrir no fim”, frisou.

Na presente temporada futebolística, a formação do Catetão, além de disputar o Campeonato Nacional, vai disputar ainda a Taça de Angola
Num ambiente de festa, o complexo Desportivo Desmosthenes de Almeida ( Catetão ), esteve engalanado num acto que teve a coordenação do presidente de Tomas Faria. Destaque para os dois Brasileiros Rubinho e Toni. 

O Petro de Luanda para a temporada 2017 apostou nos seguintes vinte e cinco atletas, sendo três estrangeiros (brasileiros) e os demais angolanos; Guarda Redes  :Lama, Mig, Mualucano ( Juniores)  e Gerson ; Defesa: Mira, Ary, Eliseu ( juniores),  Maludi, Elio, Abdul,   Medios :Wilson, Diogenes, Carlinho, Mnguxi, Job, Mateus, Bebo ( juniores) , Nandinho ( Desportivo da Huila) , Herenilson, Rubinho (Cuiaba, Brasil) , Mabina, Paizinho, Pedro (juniores)  e Tiago Azulão , Ponta de Lança: Toni ( ex-Paraná). 

A direcção do clube agora liderada por Tomas Faria, agendou um estágio de pré-época de 15 dias, na província do Benguela a partir de hoje, dia 15 de Janeiro.

De recordar  que o Petro de Luanda é a formação mais titulada do campeonato com 15 conquistas e a que mais troféu detém na taça de Angola, num total de  dez.