Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Boa vitória fora de casa

Paulo Caculo - 16 de Julho, 2017

A vitória coloca Angola em condições privilegiadas de carimbar a qualificação para a última fase da competição

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

Um golo solitário de Job, rubricado ainda na primeira parte, garantiu a Selecção Nacional o triunfo, por 1-0, no embate frente à congénere da Ilhas Maurícias, em jogo da primeira mão da penúltima eliminatória de acesso à fase de grupos do CHAN, competição reservada aos futebolistas que actuam nos campeonatos locais.

Basta dizer que a vitória coloca Angola em condições privilegiadas de carimbar a qualificação para a última fase da competição, em que defronta o vencedor do confronto entre Moçambique e Madagascar.  O triunfo, fora de casa, abre boas e agradáveis perspectivas do combinado nacional concretizar o objectivo de disputar o CHAN, em 2018, no Quénia.

A vitória começou a ser construída muito cedo. Dada a grande pressão imprimida ao seu ataque, os Palancas beneficiaram de um pénalti, de falta cometida sobre Yano, na área dos donos da casa. Na cobrança, Job traduziu em golo a grande oportunidade.

Na segunda parte, grande mérito para Angola, que soube conservar a vantagem, evitando que a sua baliza fosse violada pelo ataque contrário.
Apesar de jogar desfalcada de algumas unidades fundamentais na manobra do conjunto, casos de Manguxi e Carlinhos, a selecção nacional nunca deixou transparecer uma imagem de fragilidade colectiva.No final do jogo, o seleccionador Beto Bianchi não conseguiu esconder a satisfação, em declarações à Rádio Cinco, via telefone. O técnico dos Palancas elogiou os jogadores, mas queixou-se da má qualidade do relvado de jogo.

"Foi um jogo bastante complicado. Sabíamos que seria um jogo difícil e num terreno muito irregular, mas os jogadores estão de parabéns.
Jogámos um futebol objectivo, prático e com muita intensidade. Não foi um futebol muito bonito, mas foi que os jogadores podiam fazer", adiantou-se a afirmar o seleccionador nacional. "Foi uma pena que as condições do campo não permitiram aos jogadores praticar o futebol que estão habituados. Tivemos vantagem mesmo a jogar fora de casa, esperamos em nossa casa jogar um futebol mais bonito. Ainda não terminou a eliminatória, faltam 90 minutos, mas acreditamos no apuramento", acrescentou Beto Bianchi.

O técnico dos Palancas disse, ainda, que a vitória permite a equipa e arar o jogo da segunda mão, em Luanda, com mais tranquilidade e menos pressão. Garantiu que o grupo está muito optimista na qualificação ao CHAN. 

"Acho que os jogadores estão a demonstrar uma valentia muito grande. Vamos ver como será o jogo da próxima semana".