Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Campeo nacional refora trs sectores

Jorge Neto - 30 de Maio, 2019

1 de Agosto vai reforar o plantel com trs jogadores para atacarem as trs competies em que estiverem engajados na prxima poca

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

A direcção do 1º de Agosto vai reforçar o plantel com três jogadores para atacarem as três competições em que estiverem engajadosna próxima época, acesso à fase de grupo da Liga dos Campeões, Girabola Zap 2019/20 e a Taça de Angola.O técnico Dragan Jovic pretende formar uma equipa mais equilibrada em todos os sectores com excepção da baliza, posição em que os tretra-campeões estão bem servidos. Para o efeito, foram contratados um defesa, um médio e um atacante.

De acordo com informações que tivemos acesso, os dois primeiros são atletas do mercado local, enquanto o avançado vem o estrangeiro. A equipa técnica pretende um defesa-central com o mesmo nível de Dany Massunguna e Bobô, onde a saída de Yisa parece ser uma certeza. O jogador nigeriano que serviu de substituto de um dos habituais titulares, apenas em poucos ocasiões foi chamado a fazer a dupla e sempre com a concorrência de Bonifácio, jovem formado nas escolas dos rubro e negros.   

Em relação ao meio-campo pretendem um médio com qualidades para substituir o Show ou Macaia, quando um deles estiver indisponível, por lesão ou castigo federativo. A boa-nova está ligada ao regresso de Ibukun, afastado da equipa na época finda por doença. De acordo a registos médicos do clube, o atleta já está acima dos 70 por cento da recuperação.

O nigeriano é um dos jogadores influentes na zona central do campo dos militares, onde tem a missão de comandar a construção das jogadas ofensivas da equipa e foi uma unidade a menos para Dragan Jovic na conquista do tetra. O ataque será reforçado com um avançado estrangeiro, com faro de golo, capaz de dar resposta a ausência de Mabululu ou ainda substitui-lo sem quebrar a apetência para a finalização, tendo em conta, principalmente a competição africana, onde as exigências são maiores.

O avançado brasileiro, Aquino, pode ter a porta aberta para deixar o plantel agostino, em função das opções que têm no sector ofensivo, aliado ao número de estrangeiros que compõem a equipa. Os regulamentos da Federação Angolana de Futebol (FAF) estipulam cinco jogadores "forasteiros" e o conjunto rubro e negro já tem confirmado os congoleses democráticos Bobô, Kila e Dago, além do nigeriano Ibukun.

PREPARAÇÃO
Militares querem manter 
bênção da cidade de Benguela

A província de Benguela foi o talismã da sorte do 1º de Agosto para a conquista dos últimos campeonatos, de acordo com Ivo Traça. O técnico-adjunto revelou que a cidade das Acácias Rubras voltará a ser o palco do estágio pré-competitivo, tendo em conta a próxima época, que arranca no dia 15 de Agosto. Nas últimas três épocas os rubro e negros montaram o quartel-general em Benguela, que resultou em grandes conquistas no final da competição interna. "É um local aprazível e dispõe de excelentes condições de trabalho", avaliou. 

"Quero dizer em relação aos campos de treino, boa alimentação, alojamento e clima.Os jogadores trabalham tranquilos, daí o motivo de elegermos novamente aquela província, porque tem sido para nós um local de sorte para a conquista do campeonato", destacou.Nas terras de Ombaka os tetracampeões nacionais prevêem disputar seis ou sete jogos amistosos, aproveitando o facto de grande parte das equipas do Girabola Zap, nos últimos anos, realizarem naquela cidade a pré-época.

A equipa técnica admite que quantos mais jogos de controlo fizerem melhor será para conseguir os resultados que esperam alcançar no final da temporada competitiva. Os rubro e negros abrem as oficinas no dia 1 de Julho, com os habituais testes médicos, mas temem iniciar a preparação com o plantel limitado, em função dos nove jogadores convocados para os Palancas Negras e um para a selecção do Congo Democrático, que vão participar na 32ª edição do CAN, a decorrer de 21 de Junho a 19 de Julho, no Egipto.