Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Centralidade do Kilamba tem escola para crianas

Paulo Caculo - 18 de Junho, 2018

Administrador do Kilamba, Joo Baptista Domingos (ao centro), procedeu ao corte da fita de inaugurao das instalaes da escola de futebol juntamente com Carlos Hendrick

Fotografia: Henri Celso | Angop

Mais de 200 crianças, dos seis aos 14 anos, pisaram pela primeira vez o campo relvado da Escola de Futebol XK, na Centralidade do Kilamba, durante a cerimónia de inauguração do projecto desportivo de formação de futebolistas, criado pelo ex-futebolista Xavier João Kassoma.
 Coube ao administrador do Kilamba, João Baptista Domingos, e ao presidente do Clube Desportivo 1º de Agosto, procederem ao corte da fita das instalações, na presença de algumas personalidades do desporto, nomeadamente, Romeu Filemon, ex-seleccionador nacional, e Mário Rosa, presidente do Comité Olímpico Angolano (COA).
 \"A iniciativa é boa e serve de mais-valia para os cidadãos do Kilamba, com idades compreendidas entre dos 6 e 14 anos. Esta escola de futebol vai permitir às nossas crianças ganharem o hábito pela prática do desporto\", disse o administrador da centralidade do Kilamba.
 Quem se mostrou igualmente satisfeito com o projecto foi Carlos Hendrick.
O presidente do Clube Desportivo 1º de Agosto, fez questão de tecer rasgados elogios ao patrono da escolinha de futebol, sublinhou a iniciativa de implantar o projecto precisamente num local onde há muito se sente a escassez de espaços para a prática do futebol.
 \"Temos que felicitar o patrono da escola, porque vem dar um grande contributo  ao desenvolvimento do futebol angolano. É uma boa iniciativa e que futuramente pode incentivar outros empresários a fazerem o mesmo\", referiu o dirigente do clube militar.
 Carlos Hendrick assegurou, por outro lado, estar convicto que a iniciativa que teve o ex-futebolista Xavier Kassoma vai servir de incentivo aos outros projectos similares que surjam na Centralidade do Kilamba e no país em geral.
 \"Na formação de qualquer actividade do homem, os professores devem ser mesmo bons, caso contrário, não vale a pena. Acho, que temos alguns e vamos começar com o que temos, para que mais tarde outros possam surgir. O projecto começa aqui, de uma forma mínima, e que se possa expandir a outras escolas do Kilamba e do país\", acrescentou.
 Romeu Filemon, por seu lado, confessou que ficou particularmente surpreendido com a qualidade do relvado, e satisfeito com o facto do projecto por despertar a sensibilidade de vários agentes desportivos, com destaque para a administração do Kilamba e a direcção do Instituto Superior de Educação Física e Desporto, que muito contribuíram para que o projecto fosse possível no interior da Centralidade.  \"Penso, que esta iniciativa de Xavier Kassoma veio colmatar uma grande deficiência, que existe na centralidade do Kilamba\", destacou o antigo seleccionador dos Palancas Negras.
O Comité Olímpico Angolano, de acordo com o seu presidente, Mário Rosa, promete prestar todo o apoio no que concerne a contributos na formação de quadros e na criação de estratégias de expansão de modalidades.
  Aescola de futebol XK vai funcionar, temporariamente, no interior do Instituto Superior de Educação Física e Desporto, durante aproximadamente seis meses, deve a posterior contar com instalações próprias, modernas e mais extensas, de formas a acolher a demanda de crianças interessadas em aprender o ABC do futebol.
 O antigo seleccionador de sub-17, André Nzuzi é o treinador principal do projecto.


XAVIER KASSOMA
“Queremos seguir o exemplo do 1º de Agosto”


O patrono da Escola de Futebol XK da Centralidade do Kilamba, Xavier Kassoma, afirmou ao nosso jornal que o projecto de formação vai seguir o exemplo do trabalho desenvolvido pelo 1º de Agosto nos seus escalões etários.
 O mentor do projecto considera ter no clube militar um dos grandes incentivadores da criação deste projecto de formação, inaugurado no Kilamba, concretamente, pelo  presidente Carlos Hendrick, a quem considera nutrir particular admiração, sobretudo, pela \"forma peculiar e ímpar\" como aborda as questões do futebol.
 \"Já convivi várias vezes com vários dirigentes desportivo, mas tenho a afirmar que reconheço e admiro a qualidade do trabalho do general Hendrick. Para mim, é dos poucos dirigentes desportivos com uma postura no futebol fora de série,  que sabe abordar as questões do futebol com propriedade. É por isso, que um dos grandes desafios desta escola de futebol, é beber muito da experiência do trabalho desenvolvido pelo 1º de Agosto, nos escalões deformação\", afirmou Xavier Kassoma.
 De acordo ainda com o patrono da Escola de Futebol XK, a segunda fase do projecto prevê a implantação da escolinha nas demais províncias, de destacar a Huíla, Namibe e Huambo, onde espera construir um espaço semelhante, com campo relvado, balneário e áreas de apoio ao treino dos petizes.
 \"O meu sentimento é de enorme satisfação, pelo facto de concretizar um sonho antigo”.