Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Clubes huilanos aguardam legalizao

Benigno Narciso,Lubango - 13 de Agosto, 2017

Jogadores aguardam que FAF solucione a mquina para a emisso dos cartes

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

O atraso na legalização dos clubes da província da Huíla nos escalões de Sub-17 e Sub-20 pela Federação Angolana de Futebol (FAF), por questões técnicas e administrativas, está a preocupar as formações locais que aguardam com ansiedade pela solução dos processos pendentes
O secretário-geral da Associação Provincial de Futebol da Huíla (APFH), José Tchiombo, revelou ao Jornal dos Desportos que em virtude das formações locais não receberam os cartões de inscrição em tempo oportuno o início da competição sofreu um adiamento.

“O problema consiste na inscrição dos Sub-17 e Sub-20, já que remetemos a nível da FAF as inscrições, mas infelizmente há impedimentos de ordem técnica. É um constrangimento que nos ultrapassa neste momento, porque até agora não têm em posse os cartões por questões técnicas”, informou.

O dirigente afirmou que a Federação Angolana de Futebol é rigorosa e alertou aos seus filiados, por via do Comunicado Nº. 17, a proibição da realização de competições com inscrições provisórias.

 “No mês de Abril nos foi remetido o Comunicado da FAF, exprimindo que nenhuma associação deverá realizar a competição com inscrições provisórias”, lembrou.

A situação está a merecer a atenção especial da APF local, de acordo com o responsável, contudo, referiu, ser um constrangimento. Para o efeito, por se tratar de um impedimento técnico da federação, adiantou que, a solução poderá passar por autorizar a inscrição, a nível local, dos respectivos escalões, por via de bilhetes de identidade com comprovativo do original até a superação do entrave que se regista junto do órgão reitor do futebol nacional.

“Os clubes que remeteram as suas inscrições até agora não têm em posse os cartões porque a máquina está avariada. Nesse contexto, numa reunião que efectuamos, acordou-se que se deverá jogar, para os escalões de Sub-17 e Sub-20, com bilhetes originais até que a FAF supere o impedimento técnico”, equacionou.


CAMPEONATOS
APF descarta
novo adiamento


O secretário-geral da Associação Provincial de Futebol da Huíla, José Tchiombo, descartou a possibilidade de os campeonatos provinciais nas categorias de Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20,sofrerem um segundo adiamento.

De acordo com José Tchiombo, um segundo adiamento acarretará constrangimentos administrativos, de calendário, logístico e patrocinadores, por isso não está prevista mais qualquer remarcação.

Sustentou a sua convicção pelo facto de mesmo com a não emissão de cartões de atletas por avaria no sistema da FAF, existem equipas a competir no campeonato da Segunda Divisão e outras competições sob a égide da FAF a beneficiarem de inscrições ou cartões provisórios.

“Não está previsto nenhum adiamento, porque se formos a ver, há equipas da Segunda Divisão que estão a jogar com o mesmo sistema, inclusive equipas do Girabola, os reforços para a segunda volta, também estão a jogar com credencial provisório. Então, há orientação para fazermos inscrições provisórias até que a federação supere a avaria”, descreveu. Deste modo, o secretário-geral da APFH acredita que as competições, inicialmente agendada para ontem, vão decorrer na segunda data avançada e está igualmente confiante que serão bem disputadas, à semelhança do torneio de abertura.

“O torneio de abertura foi muito equilibrado. A pontuação deixa antever uma boa prova. Para termos uma noção, a diferença nos Sub-13 e Su-15 foi de três pontos. Entre o terceiro e o segundo a diferença foi de dois. Por isso, espero um campeonato renhido de formas a que os nossos representantes que participarem no campeonato nacional, em 2018, tenham bons resultados”, perspectivou.

COMPETIÇÃO
Inscrições superam expectativa


Vinte e nove equipas dos escalões de Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20, estão inscritos para os campeonatos provinciais de futebol da Huíla, para esta época, um número recorde de participantes, de acordo com o secretário-geral da Associação Provincial de Futebol da Huíla (APFH), José Tchiombo.

Segundo ele, o Clube Desportivo da Huíla, Benfica do Lubango, Inter FC do Lubango, Clube Ferroviário da Huíla e Clube Recreativo da Chibia vão competir nos quatros escalões. Referiu que completam o número de participantes, o Sporting Clube do Lubango, que se fará representar em três escalões (Sub-13, 15 e 17), Escolinha da Agricultura, Futebol Clube Renascer, Jamba Sport e Águias do Calumbiro que evoluem com duas equipas cada, perfazendo assim um total de vinte e nove participantes.

“Vão participar dez clubes, refiro-me ao Benfica do Lubango, Desportivo da Huíla, Inter FC do Lubango, Clube Ferroviário da Huíla, Clube Recreativo da Chibia, esses participam com todos os escalões (Sub-17, 13, 15 e 20), o Sporting do Lubango em três (Sub-13, 17 e 17), enquanto a Jamba Sport, Escolinha da Agricultura, FC Renascer e Águias do Calumbiro, participam em dois escalões”, assegurou José Tchiombo.

Garantiu, sem precisar o número, estarem identificados os campos para a realização do evento. Indicou que, por se tratar de provas que envolvem escalões de formação, a APF local submeteu os campos a inspecções, o que permitiu efectuar melhorias em alguns dos recintos sem requisitos, de modos a impor condições necessárias.

“Os campos estão identificados. Uma comissão inspeccionou o estado dos nossos campos, coordenada por um técnico sénior da APF. A questão administrativa está salvaguardada”, descreveu.

José Tchiombo perspectivou competições bem disputada, a julgar pelos níveis evidenciados pelos clubes durante o torneio de abertura. Esse facto, na visão do dirigente desportivo, vai permitir que os representantes da província nos campeonatos nacionais das respectivas categorias se apresentem bem e obtenham bons resultados.