Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Cosano respeita Matlema FC

08 de Agosto, 2019

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico do Petro de Luanda, António Cosano, revelou, antes da viagem para Lesotho, visando o jogo de domingo, em Maseru, diante do Matlema Football Club, para a primeira “mão” da penúltima eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos, estarem prevenidos para não serem surpreendidos.
O treinador está ciente que espera por um elevado grau de dificuldades, mas mantém o foco que é fazer um bom resultado em casa do adversário. "Respeitamos o nosso adversário, ainda que o sonho seja utópico, mas o nosso objectivo é vencer ", sublinhou.
Admitiu que o facto de o adversário jogar em casa e na qualidade de campeão do seu país, merece uma atenção especial, pois tem o seu valor e merece muita atenção. "Sendo o campeão do seu país, de certeza que tem o seu valor e devemos respeitar ", reconheceu.
O técnico espanhol lamentou o facto de não dispor de qualquer informação sobre o valor do adversário, os pontos fracos e fortes, limitando apenas a admitir que, em princípio, praticam um futebol com característica sul-africana.
"Não dispomos de qualquer informação sobre o adversário, por isso temos de entrar fortes, porque só a vitória interessa, para aquilo que são os nossos anseios na competição ", avaliou.
Precavido para não ser surpreendido, António Cosano levou 18 jogadores, destacando-se os três reforços contratados para tornar os tricolores mais fortes, por coincidência atacantes, nomeadamente Dolly Menga (ex-Blackpool III Liga Inglesa), Yano (ex-Progresso Sambizanga) e Jacques Tuyiseng (ex-Gor Mahia do Quénia).
Para esta empreitada, o Petro de Luanda seguiu viagem com um número considerável de jogos. Depois do estágio realizado em Joanesburgo, África do Sul, onde efectuou seis amistoso, a equipa do eixo viário defrontou, em Luanda, a Académica do Lobito, na apresentação do plantel aos adeptos e sócios do clube.