Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

DAgosto cede Mingo Bile por emprstimo

Jorge Neto - 06 de Julho, 2019

Tetracampeo regressa equipa huilana.

Fotografia: Agostinho Narciso | Edies Novembro

O médio lateral direito Mingo Bile vai representar a formação do Desportivo da Huíla na temporada futebolística 2019/2020, cedido por empréstimo pelo Clube 1º de Agosto, após onze anos seguidos a vestir a camisola do tetra campeão nacional.
O experiente camisola 7 deixa o conjunto rubro-negro após a conquista do tetra campeonato, numa altura em que perdeu espaço na equipa orientada pelo sérvio Dragan Jovic, em função da forte concorrência que se regista nas posições em que actua, onde constam nomes como Isaac, Mongo, Ary Papel, Nelson da Luz, Dago e mais recentemente Zito Luvumbo.
Mingo Bile, 32 anos, já esteve entre os jogadores mais influentes na manobra da equipa em épocas anteriores, mas aos poucos foi perdendo protagonismo, principalmente desde a ascensão de Ary Papel ao plantel principal.
Nas quatro épocas consecutivas em que os militares conquistaram o título, o jogador que representou os Palancas Negras, em 25 ocasiões, teve uma participação modesta, embora tenha estado mais interventivo nas duas primeiras conquistas.
O vinculo de Mingo Bile com o 1º de Agosto iniciou no ano de 1999, levado ao clube pelo irmão mais velho. Em 2001 conquistou o primeiro campeonato provincial de Luanda. Devido ao bom desempenho nos anos de 2004 e 2005 na formação de juniores, o jogador começou a carreira profissional no Desportivo da Huíla, em 2006, cedido por empréstimo, onde após duas épocas, em 2008, integrou o plantel principal dos agostinos.
Deste modo, será um regresso a uma casa que bem conhece, onde vai reencontrar outros antigos colegas do 1º de Agosto, como Manucho Dinis, Sargento e Razaq. Em função da idade de Mingo Bile, é possivel que esteja descartada a hipótese de voltar a vestir a camisola agostina.
No plantel rubro-negro conta ainda com o defesa-central Dany Massunguna e o guarda-redes Tony Cabaça, como os mais antigos no clube.