Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

DAgosto sem atletas castigados na Supertaa

Jorge Neto - 13 de Junho, 2019

Rubro e negros esto atentos ao mercado tendo em conta os novos reforos

Fotografia: Jos Cola

A equipa do 1º de Agosto vai contar com todos os jogadores influentes na disputa da Supertaça, a realizar-se no dia 4 de Agosto (primeira mão), no estádio 11 de Novembro, e sete dias depois, na cidade do Lubango, estando no máximo da sua força, para conquistar o primeiro título da época 2019/2020.
Os últimos jogadores a limpar a ficha, foram o médio defensivo Show e o avançado Mabululu, tendo, inclusive, o último falhado a final da Taça de Angola, diante do Desportivo da Huíla, onde os agostinos venceram por 2-1, com golos de Zito e Ary Papel.
A formação do 1º de Agosto joga a Supertaça na condição de campeão nacional do Girabola Zap e o Desportivo da Huíla, como finalista vencido da Taça de Angola. Os agostinos fizeram a dobradinha na época 2018/2019, levando para a sua galeria os troféus do campeonato e da Taça de Angola.
Nesta altura, os rubro e negros estão atentos ao mercado das contratações, tendo em conta os reforços que pretendem para a próxima época desportiva, onde além da Supertaça terão pela frente a Liga dos Clubes Campeões Africanos, Girabola Zap e a Taça de Angola. 
Três jogadores, é o número com que ambicionam reforçar o seu plantel, recaindo para os sectores defensivo, meio-campo e o ataque. O regresso do médio nigeriano Ibukun e a integração, pela primeira vez, do avançado Capita, são os confirmados de momento para o plantel do 1º de Agosto. 
Os militares abrem às oficinas no próximo dia 1 de Julho, com os habituais exames médicos, dois dias depois iniciam a preparação na relva do estádio França Ndalu, depois rumam para a província de Benguela, onde vão realizar o estágio de pré-época.

ESCOLHAS
Adeptos votam
golos do tetra

Os golos, que contribuíram para a conquista do tetracampeonato da equipa do 1º de Agosto, foram colocados, recentemente, sob a votação dos adeptos no site do clube agostino, concorrendo cinco jogadores e seis finalizações.
Mongo, Nelson da Luz, Mabululu, Show (duas vezes) e Dany Massunguna são os jogadores que entram na corrida, pelo golo mais bonito do campeonato nacional, onde os militares somaram 67 pontos, frutos de 51 tentos marcados e nove sofridos, com 20 vitórias e 10 empates, sem nenhuma derrota.
O médio congolês democrático, Mongo, disputa com um golo marcado ao Sagrada Esperança da Lunda Norte, na 12ª jornada, no Estádio 11 de Novembro, através de um livre directo.
O médio Nelson da Luz concorre com o tento apontado ao Recreativo da Caala, na 11ª jornada,  no Estádio Mártires da Canhala, num remate de fora da área. O avançado Mabululu, melhor marcador da equipa, não deixou os créditos em mãos alheias e participa com a finalização de um remate de fora da área, contra o Santa Rita da Cássia, na 14ª jornada, no Estádio 11 de Novembro.
O capitão Dany Massunguna assumiu o braçal e entra na corrida no golo marcado ao Petro de Luanda, num corte de bola, na zona do meio-campo, que terminou com um "frango" do guarda-redes Gerson, na 8ª jornada, no Estádio 11 de Novembro.
O médio Show aparece na lista com dois golos com o pé esquerdo. O primeiro foi diante do Sporting de Cabinda, na 10ª jornada, no 11 Novembro, num remate fora da área na zona frontal e o segundo frente ao Recreativo do Libolo, na 22ª jornada, no Estádio 11 de Novembro, num pontapé de fora da área.                                                                                     
JN