Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Desportivo acelera preparao

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 25 de Julho, 2019

Mrio Soares procura solues para a linha atacante dos militares huilanos

Fotografia: Santos Pedro| Edies Novembro

A antecipação para o dia 2 do próximo mês, da data de disputa do jogo da primeira mão da Supertaça 2019/2020,  entre o Desportivo da Huíla e o 1º de Agosto, vai obrigar a equipa técnica a acelerar o plano de preparação do plantel, de acordo com o técnico Mário Soares.
O treinador dos militares da Região Sul esclareceu que com a alteração da data do jogo, inicialmente marcado para o dia 7 de Agosto, são obrigados a refazer o plano de trabalho.
“Temos que rever e recapitular tudo o que nós fizemos, assim como reprogramar, porque a data da nossa estreia está antecipada. Temos que trabalhar agora dentro da nova programação. São cinco dias de antecipação e isso obrigamos a algum sacrifício”, disse.
Mário Soares referiu que fruto disso, começou já a idealizar e ensaiar o modelo de jogo a utilizar no desafio diante do 1º de Agosto, referente à primeira mão da Supertaça, duelo que vai disputar na condição de finalista vencido da Taça de Angola.
O técnico considerou de \"muito proveitoso\" para o Desportivo da Huíla o segundo jogo de controlo, frente ao Ferroviário do Huambo, disputado no estádio 11 de Novembro, no Lubango, que terminou empatado a duas bolas. 
Mário Soares assegurou, que com um pouco de agressividade na estreia da competição ou no primeiro compromisso, poderá ter a equipa muito mais próxima daquilo que pretende no tocante ao ritmo competitivo.
Apontou que a recuperação da equipa do esforço físico e ao mesmo tempo idealizar as ideias de jogos, marca a semana de trabalho, tendo em vista o confronto da primeira mão da Supertaça, no próximo dia 2 de Agosto, no estádio do Ferroviário, na cidade do Lubango.
“Já estamos a fazer a recuperação do esforço físico e ao mesmo tempo idealizar as ideias de jogo, bem como ganhar algum ritmo competitivo. Creio estarmos muito próximos do ritmo competitivo. Então, será uma semana de muita concentração e trabalho”, apontou.
O treinador do Desportivo da Huíla, afirmou que a equipa vai ter que buscar forças, apesar de reconhecer a competência existente da parte da comissão técnica, direcção do clube e, sobretudo, dos atletas em superar os obstáculos surgidos agora.
Ontem à tarde, no estádio do Ferroviário, no Lubango, o Desportivo da Huíla venceu o 1º de Maio de Benguela, por 1-0, golo de Manico, em mais um jogo de controlo. 
O próximo jogo do Desportivo da Huíla na pré-época está marcado para amanhã, às 15h00, no estádio do Ferroviário, no Lubango, diante Cuando Cubango FC, e servirá de apresentação oficial do plantel para a temporada 2029/2020. 
Mário Soares revelou que o ensaio do modelo de jogo, com a utilização de três centrais, vai ser uma variante a ter em conta na nova época futebolística. Por isso, fundamentou, tudo tem que ser trabalhado, porque cada jogo é um jogo.

POSIÇÃO  NOVE
O técnico Mário Soares admitiu, no Lubango, existirem ainda muitas lacunas a serem supridas no plantel. A posição nove, que ficou fragilizada, com as de Lionel Yombi e Razaq, é uma delas.
“Há muitas lacunas. Continuamos a falar na posição nove, que ficou fragilizada. Temos que arranjar alternativa dentro da equipa, quer com o homem para posição nove, quer  com a alteração do modelo de jogo. As nossas ideias de jogo. Há muito para se trabalhar”, disse.