Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Dívidas agitam Progresso da Lunda Sul

Avelino Umba - Lobito - 30 de Janeiro, 2017

Jogadores da equipa maquisardes aguardam pelos seus salários em atraso

Fotografia: kindala Manuel

Os ex-integrantes da equipa principal do Progresso da Lunda-Sul, nomeadamente jogadores, equipa técnica e pessoal de apoio que se desvincularam por motivo de fim de contrato com aquela equipa clamam pelos três meses dos seus ordenados em atraso referentes aos meses de Outubro, Novembro e Dezembro, adicionados a um prémio do jogo contra o Kabuscorp do Palanca.

A informação foi avançada ontem ao Jornal dos Desportos por uma fonte ligada aos jogadores, que discorda do facto de direcção do clube ter feito menção, numa entrevista a uma estação televisiva angolana, que o clube tinha pago todos os pendentes com os jogadores e equipa técnica.

"Tinha sido pagos apenas o que se devia aos jogadores estrangeiros e mais tarde foi pago a metade, ou seja um mês e meio ao pessoal que ficou no clube, sem no entanto pagar os que saíram", revelou a fonte.

Nesta altura, ainda de acordo com a fonte, a direCção encabeçada por António Jamba está a passar mensagem que não pagarão os estão fora do clube. "Eles dizem que não vão pagar o pessoal que saiu de clube, chegando mesmo a tratar traidores aos jogadores e a equipa técnica em causa", desabafou.

"A direcção tinha muito tempo de falar com o pessoal sobre uma possível renovação ou não, pois, por altura o patrocinador principal do clube, Santos Bikuku, anunciou que não havia de apoiar mais a equipa. "A maioria dos integrantes da equipa sentiu-se ameaçada, temia o desemprego e isso motivou a procura de outros rumos", elucidou a fonte.

ORGÃO REITOR
Atletas insatisfeitos vão informar a FAF


Alguns jogadores do Bravos do Maquis prometem levar apresentar o caso à FAF caso, até a véspera de Girabola, a situação não esteja resolvido.
"O presidente do clube havia prometido que já tem algumas alternativas para pagamentos, mas, até agora nada, só houve pagamentos de contratos de alguns estrangeiros", disse a fonte.

A equipa está a sentir a saída em massa jogadores influentes e desta forma a direcção do clube liderado António Jamba pode  enfrentar muitas dificuldades para encontrar atletas para um plantel que se aproxima ao da época anterior.Entre os constam os avançados Mongo e Diogo,  guarda-redes Bodrick, pontas de lança Agoias e Boubakar, médio trinco Chico Bel, defesa central Mauro, lateral direito Atuanako, lateral esquerdo René e o médio centro, Norberto.    
A U