Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Dom Bosco e Acadmica almejam a conquista do ttulo

Jlio Gaiano, Benguela - 06 de Janeiro, 2018

Equipas de Benguela confiantes numa boa prestao nos campeonatos nacionais

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

As formações de Benguela,  Académica do Lobito (juniores e juvenis), Escola Dom Bosco (juniores) e do GD HCB da Baía -Farta (juvenis) estão confiantes numa boa prestação nos campeonatos nacionais das referidas categorias que se inicia hoje em Luanda. O coordenador da equipa afecta à Igreja Católica Romana, o antigo futebolista Orlando Cardoso, afirmou que o objectivo da sua equipa é prestigiar o futebol do clube, por isso, antevê uma boa participação e  prestigiar as cores que representam.
“A equipa está moralizada e confiante num bom desempenho, que passa por atingir a final e quem sabe, vencer. Por sinal, o maior desiderato preconizado pelo colectivo. Por isso, entendemos chegar ao local da competição um pouco mais cedo, para melhor nos situarmos e ambientarmos ao meio”, asseverou.
Para o director -geral da Académica do Lobito, Duarte Esquerdinho, o objectivo recomendado pela direcção à equipa técnica e atletas assenta, basicamente, numa representação honrosa e com proficiência nas referidas competições.
“É um dos desafios que julgámos alcançável. Contudo, esperamos que o mesmo seja coroado com a conquista do ceptro, feito há muito ansiado pelo clube, e obviamente pela província que tanto merece”, augurou.


ESTREIA
HCB tem objectivo
modesto na estreia


O presidente do Grupo Desportivo HCB da Baía-Farta, Higino Chimuco Baptista, manifestou interesse da equipa realizar uma prova ao nível do seu potencial, aponta a passagem à segunda fase como principal desiderato.
O dirigente evoca a imaturidade da equipa na referida competição, como argumento para o modesto objectivo na competição. “Apesar de estreantes e reconhecermos as nossas limitações, acredito realizar uma boa campanha à altura da nossa performance competitiva”, precisou.
“A equipa está bem e preparada para enfrentar as intempéries da compita. Não vai ser fácil, a julgar pelo facto de sermos novatos, ainda assim, vamos lutar e ver até onde chegar. Se conseguir passar para a segunda fase já será um ganho”, apregoou.
A formação a que preside o empresário Higino Chimuco Baptista, conquistou o campeonato provincial de juvenis, bateu na concorrência a Académica do Lobito. Para a categoria de juniores, a Académica do Lobito superou a equipa de Dom Bosco de Benguela.