Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Eliseu rejeita Sagrada Esperana

Avelino Umba - 20 de Setembro, 2018

Jogador e diamantferos em desacordo defesa optou por renovar com Progresso.

Fotografia: Paulo Mulaza

O lateral esquerdo Eliseu, que na última época representou o Progresso do Sambizanga, não chegou a acordo com a direcção do Sagrada Esperança da Lunda- Norte, clube que estava interessado nos seus serviços, desde o ano passado, pelo facto de na hora da assinatura do contrato os diamantíferos terem apresentado um contrato sem as condições antes conversadas.
Com a não chegada a acordo, com o clube diamantífero, Eliseu optou por renovar, por mais um ano com a direcção do Progresso do Sambizanga e assegura estar feliz com a decisão tomada.
“O meu contrato com o Progresso do Sambizanga terminou na última época e por conta disso, estava praticamente com as malas feitas para o Sagrada Esperança da Lunda - Norte, com o qual tive negociações avançadas, mas na hora de assinar o que se conversou antes, não era o que se estava a pôr em prática. Por esta razão, preferi regressar à casa\", explicou o atleta, 22 anos de idade, durante uma entrevista ao Jornal dos Desportos.
O jogador formado na escola Norberto de Castro ascendeu aos seniores dos sambilas, na época de 2016, sob comando de Albano César, assegurou que \"precisava de respirar outros ares, razão pela qual ambicionava deixar o clube do distrito urbano do Sambizanga\".
Após três anos nos sambilas, o lateral direito disse, que apesar de falhar a assinatura com o Sagrada Esperança, está satisfeito por renovar com os sambilas e espera dar o seu máximo na época que arranca no final de Outubro, deste modo, dignificar as cores da equipa por quem assinou por mais um ano.
“Estou no Progresso há três anos, vi que era tempo de respirar outros ares. Deste modo, estava em negociações avançadas com o Sagrada para assinar o contrato. Não aconteceu, por factores acima referenciados. De qualquer modo, estou satisfeito por renovar com a direcção do clube sambila e prometo dar o meu melhor para ajudar a equipa nos objectivos a serem traçados\", afirmou.
O JD apurou, que a direcção do Progresso do Sambizanga tinha manifestado ao meio do campeonato passado, o interesse em renovar com o jogador e como apareceu a proposta do clube, tudo se encaixou, segundo Eliseu, que considera ter uma relação saudável como os adeptos. 
“Tive sempre boa relação com os adeptos. Tanto nos bons, como nos maus momentos, sempre recebi o carinho deles, o que é muito bom”, disse.
O jogador admitiu que não queria deixar o Progresso, por questões familiares, mas as circunstâncias da vida contribuíram para sua saída.
\"Sou casado, tenho família constituída por esposa e uma filha ainda pequena , por isso, não queria sair de Luanda. A minha família ajuda-me no desenvolvimento da minha carreira”, concluiu.
Na época finda, Eliseu disputou 17 jogos na condição de titular. Apesar de não ter marcado golos, ajudou os seus colegas a decidirem determinados duelos.
AU