Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Entrega Total

Paulo Caculo - 15 de Novembro, 2018

Atletas trabalham com determinao visando o jogo frente a equipa burquinabe

O seleccionador Srdjan Vasiljevic manifestou-se cauteloso, na antevis?o ao jogo de domingo, frente ao Burkina Faso, ?s 16h00, no Est?dio 11 de Novembro, referente ? pen?ltima jornada do grupo I, das eliminat?rias de qualifica??o ao CAN de 2019, nos Camar?es.
? semelhan?a do que se tornou habitual, o seleccionador Nacional voltou a recorrer aos n?meros , no hist?rico de confrontos entre as duas selec?es, para avaliar as hip?teses dos Palancas lograrem os seus intentos no confronto com os \"Cavalos\".
?Conhe?o muito bem a selec??o do Burkina Faso. ? um conjunto com 97 por cento de jogadores a jogarem em Fran?a, Turquia, Gr?cia e Dinamarca. Apenas, dois jogadores evoluem no campeonato local e o valor do mercado do seu plantel ? de 45 milh?es de euros. O Burkina Faso est? no 52.? lugar da FIFA e a idade m?dia ? de 26,6 anos. Por isso, o Burkina Faso ? o grande favorito ? vit?ria, no papel. Com isso, j? disse tudo?, afirmou.
Para o seleccionador, ?cautelas e caldos de galinha? n?o fazem mal a ningu?m, sobretudo, quando pela frente tem um advers?rio de maiores pergaminhos a n?vel do futebol continental e mundial. Ainda assim, Srdjan Vasiljevic rejeita a ideia de que Angola? perca o jogo em casa.?? muito interessante, quando algu?m lida com as estat?sticas. Quando se p?e no papel, pode dizer-nos muita coisa, quando se coloca em pr?tica, no campo, ? totalmente diferente, porque o futebol ? uma coisa viva, ? energia, ambi??o e momento de inspira??o?, esclarece.
Srdjan Vasiljevic encara o jogo de domingo com o seu advers?rio directo, na discuss?o pelo segundo lugar do grupo, como se de uma aut?ntica final se tratasse. Em face disso, o treinador acredita, piamente, que o confronto com os burkinabes vai ser uma esp?cie de confirma??o dos cr?ditos de Angola.
?Penso, que vamos ter vantagens em todas as posi?es do relvado. Mas ser? que isso vai ser suficiente para uma vit?ria? N?o sei e nem prometo. Desejo, apenas, que a equipa de Angola seja a melhor em campo. Espero, que todos juntos possamos dar o nosso m?ximo, nosso cora??o, nossa cabe?a e intelig?ncia, fazer tudo para alcan?ar a vit?ria ?, disse.
O seleccionador da equipa de todos os angolanos fez quest?o de apelar aos adeptos, para a uni?o em torno dos anseios da Selec??o Nacional, sugeriu que ?no domingo todos estejam juntos?, sobretudo, esque?am os problemas do passado, para que de facto ?todos formem uma s? equipa, uma s? na??o e uma selec??o?, de formas a que os jogadores possam sentir a energia positiva no Est?dio e lutem pela vit?ria.
?Problemas existem, em todos os lados, aqui, tamb?m existe, n?o podemos deixar que isso seja priorit?rio. Vamos falar de coisas positivas e apresentar Angola no seu melhor poss?vel, com todos a darem o seu contributo?, exortou.
???
Isaac espreita?
titularidade

O lateral direito Isaac deve ser a alternativa do t?cnico Srdjan Vasiljevic, para colmatar a aus?ncia for?ada de Mira, por les?o. O jogador do 1.? de Agosto est? a ser ensaiado no quarteto defensivo, ao lado de Jonathan Buatu, Massunguna e T? Carneiro.
Apesar dos nomes referenciados, concorrerem ? titularidade da equipa no embate de domingo, o seleccionador est? a ensaiar, igualmente no centro da defesa, Wilson Gaspar e Bastos Quissanga. O ?ltimo evolui na L?zio, de It?lia, s? ontem integrou os trabalhos da equipa nacional, ? semelhan?a de St?lvio Cruz e Djalma Campos. Ontem, a Selec??o fez o ?nico treino no Est?dio 11 de Novembro, palco do jogo de domingo. Na sess?o, em que os jornalistas tiveram 15 minutos para observar o treino, realce para o facto do seleccionador ensaiar, pela primeira vez, o prov?vel ?onze? que deve actuar no embate decisivo com o Burkina Faso.
Concorrem para formar a equipa inicial, Tony Caba?a ? baliza - Isaac, T? Carneiro, Bastos e Massunguna, no centro da defesa - Show, Herenilson, Djalma, Fredy e Mateus Galiano,? no meio -campo -? Wilson Eduardo (ou Ary Papel) e Gelson Dala, no ataque.
O seleccionador Srdjan Vasiljevic trabalha com os seguintes jogadores: Ndulu, Toni Caba?a e Landu (guarda-redes), V?, Herenilson, Wilson Gaspar, T? Carneiro, Show, Massunguna, Paizo, Bua, Mingo Bille, Geraldo, Mabululu, Ary Papel, Gelson Dala, Buatu, Mateus Galiano, Fredy, Djalma Campos, St?lvio Cruz e Wilson Eduardo.

Geraldo
ressalta
motiva??o
da equipa


?O avan?ado da selec??o nacional de futebol, Geraldo, real?ou a motiva??o dos seus colegas na prepara??o do desafio diante do Burkina Faso, visando o apuramento ao Campeonato Africano das Na?es (CAN'2019), a realizar-se nos Camar?es.
Em declara?es ? imprensa no final do treino, decorrido no Campo Fran?a Ndalo, Geraldo afirmou que o conjunto encontra-se focado para conquistar os tr?s pontos em casa.
Referiu ter consci?ncia das dificuldades deste desafio, face ao potencial que o advers?rio apresenta. No entanto, acredita numa vit?ria do combinado nacional em fun??o da entrega dos seus colegas.
J? o estreante Wilson Eduardo, que mostrou-se satisfeito pela convocat?ria, sublinhou ser uma honra defender as cores da selec??o nacional. ?Penso que o p?blico, no geral, poder? esperar de mim muito profissionalismo e sobretudo golos, caso haja oportunidades?, disse o avan?ado do Sporting de Braga.
J? com a integra??o de Isaac, que n?o compareceu no primeiro treino, o seleccionador nacional contou igualmente com alguns jogadores que actuam na di?spora, nomeadamente Fredy, Jonathan Buatu, Wilson Eduardo e Gelson, Bastos, Djalma Campos e Stelvio Cruz.

Wilson Eduardo
orgulhoso? na Selec??o


O m?dio ofensivo dos Palancas Negras, Wilson Eduardo, garantiu ontem, em declara?es aos jornalistas, estar orgulhoso por vestir pela primeira vez a camisola da selec??o de Angola.
Visivelmente entusiasmado por conhecer a terra que viu nascer os progenitores, o jogador do Sporting de Braga assegurou estar na selec??o, com objectivo de justificar o seu profissionalismo, ajudar Angola a vencer o Burkina Faso, caso venha a ser utilizado pelo t?cnico Srdjan Vasiljevic.
?Apesar de nascer em Portugal, os meus pais s?o angolanos e estou aqui, com o maior orgulho. Espero representar muito bem este pa?s, que tanto deu aos meus pais e quero? retribuir dentro do relvado?, disse Wilson Eduardo, irm?o mais novo do internacional portugu?s Jo?o M?rio.
O futebolista assegurou, ainda, que foi dif?cil chegar ? Selec??o de Angola, porque os respons?veis da selec??o falaram consigo h? cerca de um m?s.
Diz que foi um processo f?cil, j? que sentiu a import?ncia de vestir a camisola dos Palancas Negras desde o momento em que o pai, Jo?o M?rio, transmitiu-lhe o interesse da Federa??o.
?Senti, que posso ajudar o pa?s, e ? isso, que vou fazer. Os adeptos podem esperar de mim, acima de tudo muito profissionalismo e depois como jogador que evolui na frente de ataque, tamb?m golos.
? isso, que vou tentar fazer no domingo, se tiver a oportunidade de jogar?, rematou Wilson Eduardo.

Carnaval aconselha
ataque combinado


O antigo internacional angolano Albino Ant?nio Carnaval aconselhou a Selec??o Nacional a primar pela determina??o e ataque combinado, para surpreender o Burkina Faso, no jogo do grupo I de apuramento ao Campeonato Africano das Na?es de Futebol (CAN2019), a realizar-se nos Camar?es.
Em antevis?o ao desafio de domingo, ?s 16h00, no Est?dio 11 de Novembro, na capital do pa?s, o ex-guarda-redes que se notabilizou na equipa do Mambr?a do Huambo e nos Palancas Negras referiu ? Angop que os angolanos devem procurar chegar com determina??o ? baliza advers?ria, para que o resultado positivo possa surgir com mais facilidade.???
?Sei que n?o ser? uma partida f?cil. Nos ?ltimos cinco anos, o advers?rio tem evolu?do muito e vem defender a vantagem anterior. A nossa equipa tem de saber se posicionar e franquear as zonas laterais, para contornar os altos defesas do oponente. Por isso, como a melhor defesa ? o ataque, Angola dever? primar por ac?es ofensivas organizadas?, disse.
Acrescentou que, apesar das dificuldades competitivas inerentes ao encontro, o combinado angolano tem fortes possibilidades de triunfar, caso haja m?xima concentra??o e determina??o na abordagem do sistema t?ctico e estrat?gias adoptadas pelo treinador Srdan Vasiljevic.??????????????
O profissional apela precau?es em contrariar as inten?es dos burkinabes, com sa?das r?pidas, tentando marcar e n?o deixar o advers?rio surpreender, com incurs?es no reduto defensivo dos Palancas Negras.?????????????????????????
Ao reconhecer o consenso na convocat?ria dos integrantes da selec??o, Carnaval adiantou estarem aqueles que se destacam no momento, bem como a necessidade de haver interliga??o entre os determinados sectores, para que os prop?sitos do pa?s sejam concretizados.

?