Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Estou confiante num bom jogo

09 de Junho, 2018

Para o jogo desta tarde, Mrio Soares no conta com os prstimos de trs jogadores, por problemas clnicos.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do Clube Desportivo da Huíla pretende contrariar ao máximo, o favoritismo do Interclube em conseguir um excelente resultado, no Estádio 22 de Junho. O técnico principal, Mário Soares, assegurou estar confiante num resultado satisfatório.
Disse esperar que os jogadores cumpram a sua parte, porque o trabalho de casa foi bem feito. “Foi uma semana satisfatória, por tudo o que fizemos”.  Destacou que os atletas corresponderam de forma abnegada, o trabalho focado durante a semana e naquilo que é o principal objectivo traçado para este jogo. 
 “Tenho dito sempre, jogo após jogo, que se o nosso foco é fazermos a nossa parte, jornada a jornada, então, o nosso foco é o Interclube. Vamos ter pela frente um dos adversário mais importantes do campeonato, nesta primeira jornada da segunda volta. Do que conhecemos do nosso opositor, tenho esperança de conseguir um resultado satisfatório e quem sabe uma vitória”, garantiu.
 O técnico dos militares da Região Sul sustentou que o facto das duas equipas terem empatado na primeira volta a uma bola e ocupar a quarta posição com 21 pontos não influência em nada no jogo de hoje à tarde no Estádio do 22 de Junho. “Por isso, temos de pensar jornada após jornada, não podemos pensar na tabela classificativa”, sublinhou.
Reiterou mais adiante que, “temos de pensar o que podemos fazer em cada jornada e que número de pontos somar. Não podemos adormecer na pontuação que tivemos na primeira volta. Foi combinado entre nós, que vamos partir do zero, nesta segunda volta e vamos tudo começar de novo”, frisou.
 “Se pensarmos em cada jornada, que é o nosso objectivo, não podemos adormecer de maneira nenhuma. O número de pontos que fizemos na primeira volta apenas serve para o somatório no final. Fizemos a seguinte conta: 21 pontos na primeira volta. Tudo muito bem certo. Zero pontos na segunda, baixamos de divisão. Então, quer dizer que os 21 pontos não podem servir de nada, se nós não tivermos os pés bem assentes no chão”, admitiu.
Para o jogo desta tarde, Mário Soares não conta com os préstimos de três jogadores, por problemas clínicos.