Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Excesso de atletas no CAN limita a pr-temporada

Jorge Neto - 20 de Junho, 2019

A equipa tcnica pode ter o grupo de trabalho completo,

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os oito jogadores da equipa do 1º de Agosto, que participarão no CAN do Egipto, que se realiza de 21 de Junho a 19 de Julho do corrente ano, pode limitar a preparação da pré-época do conjunto militar, em função do elevado número de atletas, que representam a Selecção Nacional e a do Congo Democrático. 
Os tetracampeões nacionais, às ordens de Dragan Jovic, abrem às oficinas no dia 1 de Julho com os habituais testes médicos e depois rumam para a província de Benguela, onde vão realizar a pré-época com os jogadores disponíveis. A equipa técnica pode ter o grupo de trabalho completo, apenas após a primeira fase, que termina no dia 2, na eventualidade dos dois países serem afastados.
Tony Cabaça (guarda-redes), Dany Massunguna (defesa-central), Isaac (lateral direito), Paizo (lateral esquerdo), Show (médio-trinco), Macaia (médio-trinco) e Mabululu (avançado) estão ao serviço da selecção nacional, enquanto Bobô (defesa-central) representa o combinado congolês.
Deste modo, Dragan Jovic está dependente da campanha que os Palancas Negras realizarem em terras do Faraó, ou seja, em caso de apuramento aos oitavos-de-final, os jogadores integram a equipa mais tarde. Caso seja eliminada, a integração dos atletas acontece mais cedo, após às merecidas férias que não devem exceder os quinze dias.
Ainda assim, o regresso destes atletas ao clube pode registar-se próximo do jogo da Supertaça, que marca a abertura da época, com a primeira mão a disputar-se no dia 4 de Agosto e a segunda uma semana depois, isto é, no dia 11. Para minimizar o desfalque destes jogadores, a equipa técnica do campeão nacional vai contar com alguns atletas do plantel de juniores, para ter um número suficiente, a fim de facilitar os ensaios técnicos e tácticos.