Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

FAF aceita demissão de Castro

Paulo Caculo - 21 de Janeiro, 2017

FAF está aberta e receptível a subsídios de Norberto de Castro

Fotografia: José Soares

A direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF) corrobora no pedido de demissão apresentado pelo vice-presidente Norberto de Castro, por considerar que as acusações  ferem o princípio da união, coesão e sentido de missão do grupo de trabalho, soube-se ontem através de um comunicado de imprensa enviado à redacção do Jornal dos Desportos.

A nota assinada pelo vice-presidente Dealdino Balombo, em resposta ao pedido de demissão do então vice-presidente remetido no dia 16 do corrente mês, por não concordar com algumas decisões tomadas pelo presidente de direcção, o órgão reitor do futebol esclarece que Norberto de Castro e os demais vice-presidentes foram eleitos na qualidade de vogais, e a aprovação da demissão é  da competência do presidente da Mesa da Assembleia, no caso, Mota Liz.

"Tendo o vogal Norberto de Castro sido indicado vice-presidente para o desenvolvimento do futebol jovem pelo presidente de direcção, no quadro das competências que lhe são atribuídas pelos estatutos da FAF, este corrobora com o pedido de demissão formulado por vontade expressa do mesmo", sublinha a FAF no referido comunicado.

Acrescenta a Federação, por outro lado, que representa tema de substancial importância para a sustentabilidade do futebol, o contributo das Associações, Escolas, Aldeias, Comunas, Municípios e Províncias na concretização dos desígnios futebolísticos considerados incontornáveis na interacção com os jovens e agremiações desportivas, quer na realização de eventos desportivos, detecção de talentos e articulação do trabalho nas bases com os jovens nas suas diferentes categorias, são as selecções nacionais apenas o resultado de todo o trabalho, pelo que, pensar diferente é percorrer o caminho do insucesso.

"Apesar do pedido de demissão apresentado, a direcção da FAF continua aberta e receptível aos subsídios do senhor Norberto de Castro  atendendo a experiência e reconhecido mérito em prol do desenvolvimento do futebol, em especial do futebol jovem, razões bastantes que levaram à inclusão do seu nome na lista A que venceu o pleito eleitoral de 17 de Dezembro de 2016", finaliza a  direcção da FAF no seu primeiro comunicado oficial, desde que tomou posse.