Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

FAF com aposta forte nos escales de formao

Gauncio Hamelay no Lubango - 09 de Maio, 2019

Dirigente testemunhou quarta-feira na cidade do Lubango a abertura da V edio campeonato nacional de Sub-17

Fotografia: Jos Cola | Edies Novembro

A aposta nos escalões de formação constitui um dos objectivos da Federação Angolana de Futebol (FAF), afirmou no Lubango, o presidente de direcção do órgão reitor da modalidade no país, Artur Almeida.

 Artur Almeida falava durante a abertura da V edição do Campeonato Nacional de Futebol em Sub-17, que decorre de 6 a 19 do corrente mês, na cidade do Lubango, com a participação de 13 formações em representação de oito províncias, nomeadamente, Luanda, Benguela, Uíge, Cabinda, Huíla, Benguela, Huambo e Namíbe, destacou a aposta, em cerca de quase 2 anos, está a dar algum resultado positivo.

 Fruto disso, justificou que muito recentemente a nossa Selecção Nacional de futebol em sub-17 participou no Campeonato Africano das Nações (CAN) que se disputou em Dar-es -Salan, Tanzânia, alcançou o 3º lugar e consequentemente a qualificação para o Mundial da categoria, que vai decorrer este ano no Brasil.

 “Nós estamos no Lubango,  para fazer jus, um pouco daquilo que é a nossa palavra desde o início. A aposta é na formação, a nível do futebol. E, essa aposta pensamos, que em cerca de quase dois anos, está a dar algum resultado. Fruto disso, é que muito recentemente a nossa selecção de sub-17 participou no CAN, alcançou o 3º lugar e consequentemente à qualificação para o mundial sub-17, que vai decorrer este ano no Brasil”, destacou.

 Referiu que o feito alcançado, acaba por ser um pouco bom exemplo, naquilo que “temos de fazer” e acrescentou, que tudo isso, só é possível graças ao grande esforço de todos os clubes presentes na prova e o de Angola, que apostam na formação. Artur Almeida sublinhou que é  na formação que está o futuro da nossa Selecção de Honras. “Por isso, sentimo-nos bastante regozijados por estarmos presentes e proceder à abertura de mais um campeonato nacional de futebol em sub-17,  porque aqui está de facto o futuro da Selecção de Honra de Angola”, disse.

 Reafirmou,  que a Federação angolana de futebol sente-se satisfeita com a realização de mais um campeonato, com todas as dificuldades. “Estamos aqui, para fazer presença neste início de campeonato sub 17. Honra-nos bastante saber que muitas equipas se mobilizaram. São 13 equipas a participar. É uma grande satisfação,  porque a categoria dos sub-17 são o futuro da selecção de honra. Então, essa é a nossa grande aposta e a dos clubes”, reconheceu. O dirigente federativo enalteceu os clubes, por essa grande aposta e por essa participação massiva das equipas na Huíla.

 Afirmou que no decurso dos 14 dias de competição, os apreciadores da modalidade vão presenciar um bom espectáculo de futebol,  sobretudo a ser jogado com fair play, muito respeito e disciplina por todos aqueles que estiverem envolvidos nesta prova.

 O presidente de direcção da Federação angolana de futebol agradeceu profundamente o governo da Huíla,  pelo acolhimento da actividade,  apesar das dificuldades de momento.

 A vice-governadora da Huíla para o Sector Politico, Económica e Social, Maria João Chipalavela, fez um apelo aos atletas à aproveitarem a competição para desenvolver as suas técnicas, habilidades, competências e que não deixem morrer o sonho de serem campeões.

 Salientou, que a realização desse campeonato não é só uma grande oportunidade de ocupar os tempos livres, mas é muito mais do que isso.  A governante procedeu à cerimónia de abertura que decorreu na segunda-feira no Estádio 11 de Novembro, pertença ao clube do Sport Lubango e Benfica, acrescentou ser uma oportunidade para se pensar no futuro. “E, pensar no futuro, é começar agora. Então, o que nós queremos desejar às equipas, é que faça um bom campeonato. Que aproveitem para desenvolver as técnicas, habilidades e competências e que não deixem morrer este sonho. Esse grande sonho que querem de ser grandes campeões”, frisou.