Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

FAF garante apoio s escolas de futebol

Valdia Kambata - 08 de Novembro, 2017

Artur de Almeida elogia projecto "Brincando com a Bola/Ti Nandinho"

Fotografia: Edies Novembro

O presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur de Almeida e Silva, garantiu que a instituição que lidera tudo vai fazer  para apoiar as escolas de futebol e pequenos clubes.  O \"número um\", do órgão reitor do desporto -rei nacional, fez essa promessa no domingo por altura dos festejos do sétimo aniversário da fundação da Escola de Futebol do Zango, enquadrado no projecto “Brincando com a Bola/Ti-Nandinho”.

“Vamos (FAF) estudar uma forma de  ajudar estes projectos, como a escola do Ti Nandinho e outras, no país. Estamos a solicitar à FIFA apoios, que depois vamos repassar para estas escolas e pequenos clubes, porque a nossa aposta é essa, e por isso, vim ao Zango para incentivar, pois, sei desta realidade. Estive durante muito tempo no Vitória do Sambizanga,  conheço esta realidade”, disse o responsável da FAF.

Quanto  ao tipo de apoios, a ser prestados aos pequenos clubes e escolas de futebol, Artur de Almeida foi peremptório: 
“Sei que vamos apoiar. Não sabemos ainda com o quê, mas vamos apoiar. Vamos trabalhar  e meter as coisas  no terreno, depois vamos dar a conhecer”, disse.

Ainda no âmbito do sétimo aniversário da fundação do Projecto “Brincando com a Bola/Ti-Nandinho”, o presidente Artur de Almeida e Silva visitou as instalações  da Escola de futebol do Zango, e mostrou-se bastante satisfeito.

“Parece ser um projecto bastante ambicioso. O que eu pude ver aqui, é um projecto de  muita grandeza e humilde, que alberga centenas de crianças. São iniciativas como estas que nós, os homens do futebol, devemos apoiar”, disse.

Artur de Almeida e Silva valorizou o esforço dos responsáveis do projecto “Brincando com a Bola/Ti-Nandinho”, pois, ajuda a ocupar os tempos livres  de centenas de crianças.

“Saio daqui (do Zango) satisfeito,  e sensibilizado,  acima de tudo. Muito feliz pelo convívio com as crianças do projecto liderado pelo Ti Nandinho, que muito faz para o futebol, e para que as crianças saiam da marginalidade.  São coisas como essas que o país precisa, e que deve multiplicar-se por toda Angola. Coisas pequenas, mas que fazem muita diferença na vida de uma comunidade\", disse.  


ARTUR ALMEIDA
“Administrações
devem ajudar”


O fraco ou inexistentes apoios das administrações municipais e distritais aos projectos desportivos, como o da Escola de Futebol do Zango liderado pelo treinador Armando da Costa Faria \"Ti Nandinho\", que há sete anos desenvolve naquela parcela de Viana um intenso trabalho de âmbito social a formar crianças através da prática do desporto-rei, deixa agastado o presidente da Federação angolana da modalidade (FAF), Artur de Almeida e Silva.   

O dirigente fez esse pronunciamento no domingo, no campo 5 de Novembro, no Zango I -INEA, depois do jogo da final entre as equipas da Escola de Futebol do Zango e dos Dragões Escola FC da Madeira, em alusão ao sétimo aniversário da agremiação do município de Viana.

\"Existe bons jovens com talento, é isso que me admira, a administração  não venha aqui ajudar. Por exemplo, não custa muita alisar o terreno, por isso temos  de ser mais sensíveis  áquilo que é o bem comum. Termos crianças aqui é tão bom, pois, evita que  vão para marginalidade \", salientou.

Com base nisso, deixou recado às administrações  distritais e municipais, para ajudarem os projectos  como o da Escola de Futebol do Zango. \"Como pode o administrador municipal e distrital, bem como o chefe da delegação dos Desportos, não se sensibilizarem  com coisas como esta? Alguma coisa está mal, e temos de mudar este paradigma.  As administrações devem abrir os olhos, e abraçar essas iniciativas”.
  VK